Prefeitura fará plantio de 100 árvores no lugar das 27 cortadas no Centro

·

·

·

Tags:

A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, iniciará, na manhã desta quarta-feira, 29 de março, o plantio de 100 mudas de árvores das espécies manacá-da-serra e quaresmeira, na região da Avenida Francisco Glicério e Avenida Abolição, de onde foram extraídas 27 árvores do canteiro central, entre os bairros Centro e Ponte Preta. As espécies eram inadequadas ao local e ofereciam risco a pedestres e motoristas.

O trabalho deve ser feito em até 30 dias. As mudas, do Viveiro Municipal de Campinas, serão plantadas nos tamanhos em torno de 2 metros de altura, em calçadas e outros. De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, essas espécies possuem tamanhos mais adequados àquela região e são muito ornamentais, com flores roxas, lilases e rosas, em alguns períodos do ano.

Os berços – buracos no solo – para o plantio das mudas já estão abertas e em espaço adequado para as espécies, que são de porte médio. As quaresmeiras e os manacás da serra atingem, em média, cerca de 10 metros de altura, e os troncos a, aproximadamente, menos de meio metro de diâmetro.

O canteiro central, onde ficavam as árvores, foi fechado com massa asfáltica e terá mais espaço para o trânsito de veículos. A reconfiguração da via está sendo projetada pela Emdec.

Árvores na cidade

A Prefeitura de Campinas plantou cerca de 290 mil árvores em quatro anos, de 2019 a 2022, em diversas regiões da cidade. São quase 200 mudas plantadas por dia, por meio das Secretarias de Serviços Públicos; Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Mata de Santa Genebra.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Filme que brilhou no Oscar levanta discussão sobre obesidade