Prefeitura leva projeto de combate ao feminicídio às escolas


O projeto Bem-Me-Quero foi lançado na noite desta terça-feira, 28 de março, pela Secretaria Municipal de Educação. A proposta é levar para as 45 escolas de Ensino Fundamental, em primeiro momento, ações de prevenção e combate ao feminicídio, racismo e todos os tipos de violência e intolerância contra a mulher.

O evento de lançamento do projeto foi realizado no Centro de Convenções da Secretaria Municipal de Educação, no Jardim do Vovô, em Campinas. Pelo menos 500 pessoas prestigiaram o evento, entre elas o prefeito Dário Saadi, o secretário de Educação, José Tadeu Jorge, o secretário Adjunto de Educação, Luiz Roberto Marighetti, além de vereadoras, representantes de instituições como Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e lideranças femininas.

“Cada vez que tenho notícias de um feminicídio tenho a sensação de que a nossa sociedade não deu certo. É na escola que temos que debater esses temas, ensinar o que é crime, que existe a Lei Maria da Penha. Essa é uma luta de todos nós, de toda uma sociedade”, afirmou o prefeito Dário Saadi.

O lançamento do projeto contou com uma palestra da atriz Elisa Lucinda e uma apresentação musical da cantora Ilcey Mirian.

O projeto

O próximo passo do projeto é se reunir com as escolas municipais com o intuito de mapear as demandas que surgirem sobre a questão. Em seguida, será realizado um mapeamento e, a partir dele, dar início às políticas públicas que serão implantadas.

A pretensão é de que o projeto faça parte da grade curricular dos alunos da rede municipal. “É inconcebível tolerar o alto índice de violência. A cada seis horas, uma mulher é assassinada no Brasil. É na escola que temos de trabalhar essas questões”, disse uma das organizadoras do projeto, a supervisora educacional Margarida Montejano.

“Esse projeto tem uma mensagem nas entrelinhas, que é um alerta, um basta! O que estamos dizendo é chega de intolerância, de violência. É um projeto que está em busca do respeito em relação às escolhas, sem perder o papel fundamental da Educação”, pontuou o secretário de Educação José Tadeu Jorge.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Micropigmentação é a nova tendência no mercado de beleza

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré