Prefeitura promove 1º Festival Campinas Rural com 25 produtores agrícolas da cidade

·

·

·

Tags:

A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, promove no dia 6 de janeiro, das 8h às 18h, o 1º Festival Campinas Rural. O Festival será realizado no arruamento do Paço Municipal e reunirá 25 produtores agrícolas do município que disponibilizarão frutas, hortaliças, flores e outros produtos artesanais. Também contará com atrações culturais e apresentações musicais.

A realização do Festival tem a colaboração do Sindicato Rural de Campinas, da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral/Cati, da Ceasa Campinas e da Associação dos Produtores do Bairro Pedra Branca.

O 1º Festival Campinas Rural pretende mostrar a relevância e a diversidade da produção rural do município e tem por objetivo servir de vitrine para a produção dos diversos itens típicos do setor agrícola.

Dentro da programação, está prevista a realização de rodadas de negócios, por meio das quais os produtores/expositores poderão realizar negociações para vendas futuras diretamente com supermercadistas, atacadistas e varejistas em geral, que serão convidados para o evento.

O Festival Campinas Rural integra uma série de ações de valorização do agro com importantes inciativas para o setor, como a criação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), que atende antiga reivindicação dos produtores, além da implantação do Programa de Hortas Comunitárias e convênios firmados entre o município em o Governo Estadual que visam melhorias para o setor.

Apoio

A Prefeitura promove diversas ações de incentivo e apoio aos produtores agrícolas do município, para que eles tenham condições de se manter na atividade. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, o setor contribui para a geração de renda e empregos, na preservação do meio ambiente e na qualidade de vida.

O setor rural de Campinas

  • cerca de 400 k² de área rural/50% do território do Município
  • 1,6% de habitantes residem nessas áreas.
  • 759 propriedades, que ocupam área de 34.662,3 hectares, das quais 239 dedicam-se às culturas perenes (1.316 hectares), com destaque para o café (513,5 ha), goiaba (239,3 ha) e figo (142,7 ha).
  • 259 propriedades de culturas temporárias, que ocupam área total de 3.841 ha, onde predominam a cana-de-açúcar (1.534,9 ha), o milho safra (773,2 ha) e a soja (521 ha) a do alface (408,6 ha), olerícolas (271,8 ha), feijão (232 ha), a couve (111,5 ha) e a da mandioca (100,9 ha)

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Boa saúde mental do colaborador melhora produtividade