Primeira faixa de pedestres em “X” já está em operação no Centro de Campinas

 Primeira faixa de pedestres em “X” já está em operação no Centro de Campinas

Foto: PMC

A primeira faixa de pedestres em “X”, utilizada para travessia do cruzamento na diagonal, já está em operação, em Campinas. A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) concluiu, no final da manhã desta quarta-feira, dia 1º de junho, a implantação da nova sinalização viária, no cruzamento das ruas General Osório com Barão de Jaguara, no Centro.

O projeto é piloto e irá testar a viabilidade da nova sinalização. Os testes terão duração de três a seis meses. O local será monitorado, com a avaliação do “antes” e “depois” da implantação da nova sinalização. A nova sinalização privilegia o deslocamento ativo e o pedestre, que economiza tempo de travessia no cruzamento das vias. Caso queira efetuar a travessia na diagonal, em vez de efetuar o deslocamento em duas etapas distintas (uma via por vez) para atingir a esquina oposta, ele realiza em uma única vez.

O local para o projeto piloto foi definido em função da circulação de pedestres e veículos. Contagem feita pela Emdec indica a circulação de 612 veículos no cruzamento, no período das 8h às 9h da manhã. E cerca de 500 pedestres, num período de meia hora.


Também foi considerado o fato de que ambas as vias terem sentido único de tráfego; pela necessidade de poucas intervenções de infraestrutura; calçadas estreitas que geram acúmulo de pedestres esperando para realizar a travessia tradicional; e pelo desejo de interesse de travessia na diagonal entre o Largo do Rosário e unidade de cartório localizado na esquina entra as vias.

As cores da nova sinalização seguem o mesmo padrão das faixas de pedestres tradicionais. Além das faixas de pedestres na perpendicular, também há duas faixas ligando as diagonais do cruzamento. A Emdec faz ações educativas no local.

Os pedestres, futuramente, responderão um questionários sobre a percepção da nova forma de travessia, avaliando tópicos como segurança, travessia mais rápida e aprovação.

Conceito

Para realizar a travessia do cruzamento na diagonal, o pedestre somente precisa seguir a mesma lógica que se aplica a qualquer outro cruzamento na cidade: andar sobre a faixa de pedestre, ou seja, sobre as listras brancas pintadas no pavimento. E respeitar o tempo semafórico de travessia. O tempo de “vermelho” total para todos os veículos no cruzamento foi aumentado.

As faixas de pedestres em “X” são comuns em Tóquio, no Japão. Também em Londres (Inglaterra) e Chicago (Estados Unidos). No Brasil, o município de São Paulo começou a utilização em 2014, ou seja, há oito anos. Também a mesma sinalização é empregada em cidades como Goiânia (Goiás) e Fortaleza (Ceará).

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Idosos vão representar 40% da população do Brasil em 2100

Outras notícias