Promessa de campanha, Dário Saadi encaminha projeto de lei que reduz número de comissionados

 Promessa de campanha, Dário Saadi encaminha projeto de lei que reduz número de comissionados

Promessa de campanha do prefeito Dário Saadi, um projeto de lei foi encaminhado para a Câmara dos Vereadores de Campinas cortando o número de assessores comissionados da prefeitura.

O projeto quer cortar 11% dos assessores comissionados da administração municipal. Funcionários comissionados são aqueles contratados sem concurso público.

Com isso, serão economizados cerca de R$ 20 milhões nos próximos quatro anos. O número de cargos a serem extintos é de cerca de 52, de um total de 470.


Caso seja aprovado, o número de assessores comissionados passará a ser de 418, equivalente a 2,8% de todo o montante de servidores da cidade, que é de 14.611.

De acordo com o projeto a extinção prevista é de 1150 cargos em comissão e outros 12 de gratificação por função. Outros 723 deverão ser criados, já incluindo os 418 que restaram, a serem ocupados por servidores de carreira ou não.

Para servidores de carreira serão criados 394 cargos gratificados de chefe de setor, com valor mensal de R$ 5500,92 ou limitado a 20% do salário-base do funcionário.

Da Redação ODC.
Leia também: Dois são detidos furtando estepes de shoppings em Campinas

Outras notícias