Seu Jorge quer colocar nome diferente na filha, mas justiça nega

·

·

·

Tags:

Seu Jorge e a terapeuta Karina Barbieri, sua namorada, estão passando por algumas dificuldades para registrar o filho do casal, nascido no último fim de semana em São Paulo. O casal pretende nomear o filho de Samba, mas o 28° Cartório do Jardim Paulista, também em São Paulo, negou o pedido, afirmou a Band.

O cantor foi ao local na última segunda-feira (23/1) e, após a recusa, acionou seus advogados para tentar resolver a situação por vias legais. Seu Jorge já havia dito em outubro, durante uma entrevista, que seu 4° filho se chamaria Samba, e dividiu opiniões na web.

A negativa do Cartório com o nome Samba aconteceu porque existem alguns nomes que não podem ser dados à crianças, para evitar que elas sejam vítimas de bullying ou sofram algum preconceito.

Essa decisão está no artigo 55 da Lei n° 6.015, de 31 de dezembro de 1973. Segundo ela: “O oficial de registro civil não registrará prenomes suscetíveis de expor ao ridículo os seus portadores, observado que, quando os genitores não se confirmarem com a recusa do oficial, este submeterá por escrito o caso à decisão do juiz competente, independentemente da cobrança de quaisquer emolumentos”.

Daniella Magalhães
Fonte:
www.metropoles.com / direitonews.com.br
Leia também: INSS divulga o novo calendário de pagamentos para 2023