Vigilância Sanitária de Campinas desinterdita leitos de UTI neonatal na Maternidade


A Secretaria Municipal de Saúde informa que o Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) deferiu, no início da noite desta terça-feira, 7 de março, a desinterdição de 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) neonatal na Maternidade de Campinas, com a equipe completa, de acordo com a RDC 07/2010, que dispõe sobre os requisitos mínimos para funcionamento de UTI e dá outras providências.

Com a retomada dos 10 leitos, ficam mantidos os parâmetros necessários para o Município de Campinas no atendimento de UTI neonatal. A proposta para operacionalização do funcionamento com os 30 leitos prevê a reorganização da escala de profissionais da Maternidade, cumprindo todos os pré-requisitos da legislação necessários.

A Maternidade de Campinas está autorizada a disponibilizar os leitos a partir de hoje.

A decisão sobre a desinterdição dos leitos foi publicada no Diário Oficial do Município ontem.

Paralelamente, a Secretaria Municipal de Saúde continua com as negociações para ampliação dos leitos de neonatologia no hospital da PUC.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Prevenção da obesidade aumenta com adesão a programas para tratamento clínico

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré