Emdec, vamos pensar no Terminal Campo Grande?

Publicado em: ,

Passados meses desde a implantação das linhas alimentadoras do Terminal Satélite Íris (e agora com o primeiro “raio aumentador de intervalos”), está na hora da Emdec rever a operação das linhas alimentadoras do Terminal Campo Grande, para não só estimular o uso da linha 218 (que mais bate lata que ervilha sozinha na lata), mas também para melhorar o atendimento dos bairros.

Por isso, e mais uma vez absolutamente de graça, enquanto há gente dentro da Emdec que não deve nem saber onde fica o Campo Grande, o ODC vai dar uma ajuda com algumas sugestões.

Linhas sobrepostas

Por mais que o argumento de que as linhas 200, 207 e 216 passem a cada 17 minutos nos bairros, é inadmissível que as três tenham tempo de ciclo de 51 minutos. Isso é quase uma ligação de uma linha para o centro, apenas andando no Campo Grande! Sem contar que, por causa da diferença de itinerários, não é raro que passem duas, ou até as três linhas juntas. E aí? Onde vai parar esse argumento?

As linhas 204 e 208 também acabam por fazer os mesmos itinerários, em alguns momentos até no mesmo sentido, o que atrasa e muito a vida do usuário, que fica mofando dentro do ônibus em algumas circunstâncias.

Terminal Itajaí

Ainda que seja um ponto de parada com banheiro e refeitório para motoristas, não há qualquer razão em o Terminal Itajaí continuar existindo. O espaço público poderia ser aproveitado para uma nova praça, ou até mesmo um Centro de Saúde. O máximo que poderia haver seria um ponto mais robusto, e só.

E então?

  • Readequar 200, 207 e 216 para que faça atendimentos em menos bairros, reduzindo o tempo de ciclo
  • Readequar 204 e 208, que fazem itinerários muito semelhantes. Cada um atendendo a um bairro pode reduzir o tempo de ciclo e, por tabela, o intervalo.
  • Readequar o itinerário da 202 para que o atendimento seja mais linear entre o Parque Valença I e II.
  • Linha 201: fazer o atendimento apenas ao Santa Rosa
  • Linha 209: fazendo atendimento à Chácara Cruzeiro do Sul, mas passando por um caminho diferente do 201 até chegar ao bairro
  • Transformar a linha 209.1 em um atendimento ao Jardim Sul América, dando a volta pela R. Dr. José Emanuel Teixeira de Camargo ou Rua Jandyr Salles, com horários de atendimento ao Colina Verde e Recreio Santa Fé.
  • Uma linha que faça o caminho entre o Terminal Campo Grande e o Parque Itajaí IV, como se fosse o trecho de bairro da 212, mesclando com alguma parte da 213. Tempo de ciclo de 35 minutos. Com isso, acabar definitivamente com a 212 e fazer a linha 213 sair do Terminal Campo Grande.
  • Manter apenas a linha 203, fazendo o atendimento completo aos dois bairros (aqui não há o que fazer com relação ao tempo de ciclo, que é naturalmente elevado)
  • Linha 206: voltar o itinerário antigo, que é direto ao Santa Clara. Quando o condomínio novo começar a ser habitado, atrás da UPA, criar um atendimento específico para ele.
  • Acabar com a linha 220, que não tem qualquer motivo para continuar existindo, e dar o prefixo para algum atendimento novo.

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré