Estudo indica que dormir pouco pode causar acúmulo de gordura, ou seja, engorda

 Estudo indica que dormir pouco pode causar acúmulo de gordura, ou seja, engorda

Um estudo feito pela Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos concluiu que dormir pouco engorda. De acordo com o estudo, quando não dormimos o necessário, a metabolização da gordura acaba mudando, fazendo com que tenhamos vontade de comer mais do que precisamos, já que o corpo acaba transmitindo uma necessidade maior de armazenar energia.

O estudo ainda diz que quando é feita uma refeição noturna, há uma liberação maior de insulina, fazendo com que o nível de lipídios cresça e acabe gerando aumento de peso. O teste foi feito com 15 homens na casa dos 20 anos que passaram 10 noites na universidade, onde foram observados pelos professores.

A conclusão da maioria dos homens é que se sentiram menos satisfeitos após uma refeição feita em um dia onde houve menos tempo de sono. Com uma coleta de sangue de todos, descobriu-se que houve um aumento no nível de insulina de todos que dormiram pouco, fazendo com que houvesse um acúmulo maior de gordura.


Depois disso todos dormiram por 10 horas em duas noites consecutivas. Apesar da melhoria no processo de metabolismo da gordura, os níveis saudáveis não voltaram ao normal. Com menos horas de sono, os tecidos gordurosos passam a usar o açúcar como combustível, gerando mais gordura.

Da Redação ODC.

Outras notícias