Família diz que jovem que perdeu braço estava apenas com o cotovelo pra fora do ônibus em Campinas

 Família diz que jovem que perdeu braço estava apenas com o cotovelo pra fora do ônibus em Campinas

Os familiares da jovem que perdeu um braço dentro de um ônibus da linha 154 na Avenida das Amoreiras em Campinas no final da manhã desta última terça-feira, dia 05/11, informaram que a vítima não estava com o braço inteiro para fora do veículo e sim apenas com o cotovelo.

Uma pessoa da família disse que a jovem estava apenas com o cotovelo na janela enquanto mexia no telefone celular. Como o ônibus, ao fazer uma manobra, teria batido no poste, o cotovelo da jovem acabou sendo atingido, arrancando todo o membro. Por conta disso, a família acredita que não foi culpa da jovem, e sim do motorista que bateu o ônibus contra o poste.

Uma foto feita por um passageiro mostra o veículo com a lateral raspada, indicando que poderia ter raspado no poste. A vítima estava no último assento do ônibus, que é mais alto por ficar em cima da caixa do motor, possibilitando que o braço seja colocado para fora na janela. Em Campinas os ônibus não têm a janela de baixo aberta justamente para evitar esse tipo de acidente, sobretudo com crianças.


De acordo com a associação que representa as empresas de ônibus urbano de Campinas, foi aberta uma sindicância para apurar o caso e que já foi feita a perícia no ônibus. O acidente ocorreu no bairro São Bernardo, onde a Avenida das Amoreiras ainda enfrenta obras do sistema BRT.

Da Redação ODC.

Outras notícias