A mãe do motoboy que foi humilhado por um morador de um condomínio de luxo na cidade de Valinhos se posicionou a respeito do vídeo que viralizou nas redes sociais.

A mulher identificada como Maria Pires, mãe do motoboy, fez um desabafo em uma rede social e lamentou que o caso possa cair no esquecimento, “como sempre”.

“Ele foi racista com um entregador que estava apenas fazendo o seu trabalho, e esse ser xingou e humilhou um trabalhador, se achando melhor que ele por morar em um condomínio de luxo”, escreveu a mãe.

“Pois saiba ninguém é melhor que ninguém por ser rico ou ser branco e como (ele) é de família rica isso vai acabar no esquecimento, como sempre acontece”, concluiu o texto.

Maria ainda disse que “Racismo é crime e esse entregador é meu filho um trabalhador honesto e que não precisa sentir ou ter inveja de um escroto como esse pois ele não é”, e finalizou: “Mesmo tendo dinheiro pra comprar tudo o que quiser, jamais comprará a educação o respeito, pois isso vem de berço e o dinheiro não compra jamais”.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Vereadores autorizam prefeitura a ceder espaço para novo shopping de camelôs