Novo presidente do Hopi Hari descarta reformar brinquedo em que adolescente morreu

O atual presidente do Hopi Hari, Alexandre Rodrigues, informou que está descartada a reabertura do brinquedo La Tour Eiffel, onde uma adolescente morreu no ano de 2012 por conta de uma falha no equipamento.

Para Rodrigues, a reabertura é inviável pois seria necessário ao menos meio milhão de reais apenas para recuperar o brinquedo, parado desde o acidente, além de gastos com divulgação. O presidente anterior, José David, afastado pelos acionistas, afirmava que o brinquedo seria reaberto.

A retirada de David da presidência do parque no começo deste mês gerou protestos e paralisação dos funcionários, que voltaram apenas após um acordo com a Justiça trabalhista.


Da Redação ODC.

Outras notícias