Novos equipamentos aumentam eficiência no tratamento estético da gordura localizada

 Novos equipamentos aumentam eficiência no tratamento estético da gordura localizada

Segundo dados divulgados pela vigilância sanitária dos Estados Unidos (Food and Drugs Administration – FDA), são esperados no mundo 3 mortes a cada 100 mil cirurgias de lipoaspiração. Este número de mortes em lipoaspirações é baixo, conforme análise da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC), o que comprova que a medicina estética está evoluindo e conseguindo garantir a segurança e a vida dos pacientes.

Por consequência de sua segurança, a lipoaspiração ganhou a confiança dos pacientes e se tornou a segunda cirurgia plástica evasiva mais realizada no Brasil, ficando atrás somente do implante do silicone nas mamas. Das 700 mil plásticas estéticas feitas anualmente no país, 140 mil são lipoaspirações, de acordo com informações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC).

No entanto, ainda há pessoas que possuem medo de realizar um procedimento estético cirúrgico tão evasivo quanto à lipoaspiração. Afinal, não é difícil recordar dos casos famosos que ganharam a mídia por provocar à morte de uma paciente que não conseguiu voltar para casa, devido erros nos procedimentos de cirurgias plásticas, especialmente a lipoaspiração. Também é fácil lembrar-se de casos em que os procedimentos estéticos cirúrgicos extremamente evasivos não obtiveram resultado desejado, conseguindo deixar sequelas nos pacientes.


Esse tipo de memória sempre vem à mente quando está se pensando em encarar uma cirurgia plástica. Embora a medicina tenha evoluído ainda existe o risco de vida constante na medida em que se configura como um procedimento altamente evasivo que requer cuidados antes e após a cirurgia.

Então, diante de pacientes que ainda possuem medo de enfrentar um leito cirúrgico, bisturi e as cânulas de sucção, a medicina estética em conjunto com toda a indústria da beleza e estética buscou desenvolver novas opções de tratamento tecnológicos e inovadoras que conseguem substituir e colher os mesmos resultados das cirurgias plásticas tradicionais e evasivas no corpo.

As novas opções de tratamento também possibilitam a comodidade do paciente, uma vez que não causam dor e não obrigam o afastamento do trabalho para os cuidados pós-cirúrgicos. Outra vantagem é em relação aos custos dos novos tratamentos desenvolvidos pela indústria da beleza e estética. Os novos procedimentos conseguem ser mais baratos e ainda alcançar os mesmos resultados das cirurgias plásticas tradicionais, por conta da alta tecnologia dos novos tratamentos que, geralmente, são realizados por meio de aparelhos altamente tecnológicos.

Um grande exemplo da evolução da medicina estética e da indústria da beleza e estética é o aparelho chamado de Cavicell que é desenvolvido pela CECBRA, fabricante multinacional de aparelhos e equipamentos para fisioterapia e estética.

O alto desempenho do aparelho Cavicell é proporcionado devido ser um equipamento de terapia combinada que alia dois tratamentos: a Lipocavitação de baixa frequência e o Ultrassom HP de alta potência, com deslizamento fácil sem causar tortura ao paciente, garantindo resultados visíveis desde a primeira sessão.

aparelho de lipocavitação realiza um tratamento estético que usa a corrente de Ultrassom HP de alta potência para reduzir o acúmulo de gordura e celulite em qualquer área do corpo humano.

Essa altíssima tecnologia do Cavicell garante um tratamento rápido, com resultados duradouros e visíveis por meio do seu exclusivo cabeçote ergonômico que dá praticidade ao deslizamento na região que recebe a terapia sem provocar incômodo nenhum ao paciente, possuindo uma aplicação completamente indolor. E mais, não há sequer inflamação ou alteração tecidual que necessite de repouso após o tratamento.

É importante destacar que a energia ultrassônica do Cavicell, provocada pelo Lipocavitação de baixa frequência e o Ultrassom HP de alta potência, ao deslizar no corpo do paciente, penetra até a gordura que fica localizada nos níveis mais profundos da pele humana.

Ao entrar na gordura, o Cavicell, por meio do seu cabeçote altamente tecnológico, causa pequenas bolhas dentro das células. Essas bolhas crescem gradualmente e permite movimentação interna da célula gordurosa, induzindo ao seu rompimento ao transformar em ácido graxo e em glicerol que são eliminados através do fígado e urina.

Dessa maneira, o Cavicell possui tratamento indicado não só para combater a gordura localizada e a celulite. Ele também pode ser aliado na modelação corporal, em pós-operatórios e em casos de fibrose.

Com o objetivo de facilitar a comodidade dos profissionais qualificados, especializados e credenciados que manuseio o moderno aparelho. A CECBRA desenvolveu o Cavicell com uma memória capaz de armazenar protocolos de tratamento já pré-definidos que permitem ser personalizados conforme a necessidade de cada paciente.

Além disso, ele possui uma tela digital altamente tecnológica e didática, de fácil compreensão. O aparelho vem acompanhado de controle remoto digital para proporcionar que o terapeuta e esteticista dê início ou interrompa o tratamento, mesmo com determinada distância do equipamento.

O terapeuta também consegue, através do controle remoto digital, aumentar ou diminuir a intensidade da corrente da terapia combinada do Cavicell. Até mesmo o paciente é capaz de controlar o aparelho pelo controle remoto para permitir maior comodidade.

Todas as qualidades do Cavicell estão reunidas em seu moderno e compacto designer. Com apenas 6 kg, o aparelho pode ser instalado em qualquer espaço da sua clínica, sala, centro ou instituto terapêutico ou de estética. Ou seja, o Cavicell atende uma necessidade do mundo moderno que é ir até o paciente, na sua casa ou trabalho, para proporcionar um atendimento personalizado e de maior comodidade.

Outras notícias