Por que as janelas dos ônibus com ar condicionado devem ser mantidas fechadas?

 Por que as janelas dos ônibus com ar condicionado devem ser mantidas fechadas?

A cidade de Campinas e a região metropolitana, depois de muitos anos de pedidos e de reclamações, finalmente estão recebendo ônibus urbanos equipados com ar condicionado. Na sexta-feira, dia 31 de maio, entraram em circulação 50 unidades de ônibus zero quilômetros com ar condicionado, entrada USB para cabos de materiais eletro-eletrônicos e internet wi-fi. Na cidade de Campinas circulam 4 veículos com ar condicionado na região do Campo Grande e outros três nas linhas que atendem o Shopping Iguatemi. Porém o uso do equipamento requer um bom senso dos passageiros.

Durante o acompanhamento da operação dos novos veículos na manhã deste sábado, dia 1 de junho, a reportagem do ODC viu um dos novos ônibus que vão para Hortolândia já com uma janela aberta. Esses veículos vieram com travas na janela para que a mesma não seja aberta, ou seja, algum passageiro teve o trabalho de quebrar a trava para poder abrir o vidro. Um dos veículos alongados que vão para o Itajaí já estava com ao menos 4 janelas abertas, mesmo com o ar condicionado ligado. Também é muito comum ver os ônibus que vão para o Shopping Iguatemi com todas as janelas abertas mesmo com o ar funcionando.

Ônibus da Itajaí com ar condicionado ligado e várias janelas abertas.

Nos ônibus rodoviários equipados com ar condicionado geralmente não há janelas, apenas vidros colados ou quando há janelas, as mesmas são travadas e isoladas. Em São Paulo, os ônibus que estão chegando com ar condicionado também já estão sem janelas, justamente para evitar que haja a abertura durante o funcionamento do equipamento.


Não só nos ônibus mas em qualquer lugar em que há ar condicionado, é necessário que o ambiente fique completamente isolado da entrada de ar externo, independente da temperatura que esteja do lado de fora. Quando o aparelho de ar condicionado está em funcionamento, ele exerce uma determinada força para poder gelar o ar e fazer a distribuição pelo ambiente. No momento em que alguém abre uma janela, acontece a entrada de ar quente, fazendo com que o aparelho de ar condicionado use uma força ainda maior para poder manter a temperatura que foi programada, causando o consumo maior de energia e a médio prazo, estragando o aparelho. Por exemplo: se o motorista programa o ar para operar em 22º, e alguém abre a janela, há a entrada de ar quente, fazendo com que a temperatura interna aumente. Por conta disso, o aparelho de ar condicionado terá que operar de forma mais forte para voltar à temperatura em 22º, causando consumo maior de combustível e perda de potência do motor. É como no carro da gente.

Outra dúvida é quanto aos pontos de escoamento de água. Os veículos com ar condicionado possuem pontos para escoamento de água do equipamento. Por isso será comum ver esses veículos despejando água pela parte traseira, não indicando nenhum outro problema.

Os ônibus possuem sistema único de distribuição do ar refrigerado, porém pode acontecer de alguma parte receber ar mais gelado que outra. Em alguns ônibus a parte traseira do veículo recebe ar mais gelado, em outros a parte mais fria fica na frente e em alguns outros o ar é distribuído uniformemente. Tudo isso também pode ser considerado quanto à manutenção do equipamento, que se for feita de forma correta e periódica, garantirá ar limpo e igual para todos. Mas quando o veículo é novo e algum problema acontece, não é falha da manutenção e sim de operação.

Por conta disso, recomenda-se o seguinte:

– Com o ar condicionado LIGADO: Mantenha-se todas as janelas fechadas.
– Com o ar condicionado DESLIGADO: Caso o veículo tenha as janelas destravadas, pode-se fazer a abertura.
– Como a janela TRAVADA e o ar condicionado DESLIGADO: Solicite ao motorista que o equipamento seja ligado, mesmo que seja em modo de VENTILAÇÃO, dependendo da temperatura.
– Com janelas ABERTAS e o ar condicionado LIGADO: O motorista poderá desligar o equipamento até que todas as janelas sejam fechadas.

É fundamental o bom senso por parte dos passageiros quanto à manutenção do transporte público, inclusive o bom funcionamento do ar condicionado. O ônibus é um veículo de transporte coletivo e haverá momentos em que alguns achará que o ar está muito gelado e outros que o ar está muito quente. Nesse caso, vale conversar para que o ar condicionado opere em uma temperatura agradável para todos, sem ter que abrir as janelas. Nos acostumamos a usar veículos antigos e muitas vezes mal conservados, agora cabe a nós nos acostumarmos a andar nos veículos com ar condicionado, que por sinal é uma reivindicação muito antiga e que finalmente está sendo atendida e precisa de adaptação por parte dos passageiros.

Da Redação ODC.

Outras notícias