Prefeitura afrouxa, cancela multa e construtora volta a mexer na obra do BRT em Campinas

 Prefeitura afrouxa, cancela multa e construtora volta a mexer na obra do BRT em Campinas

Foto: PMC

O Consórcio BRT Campinas retomou as obras do Lote 4, no Corredor Ouro Verde do BRT. O prazo para conclusão dos trabalhos – que compreendem trechos viários em frente ao terminal de ônibus Ouro Verde, nas proximidades do Vida Nova, e trecho da ponte sobre o rio Capivari – é de 90 a 120 dias.

Para o secretário de Infraestrutura, Carlos José Barreiro, a retomada mostrou o resultado da medida tomada pelo prefeito Dário Saadi que, em 3 de novembro, determinou aplicação de multa de R$ 10 milhões ao Consórcio. “Ainda durante o prazo de recurso, a empresa acatou o que foi determinado e apresentou um plano de retomada das obras, que já está em execução”, explicou o secretário.

Como a empresa voltou às obras ainda no prazo de recurso, a multa foi suspensa. O atraso levou à interrupção das atividades durante quatro meses. No total, os trechos fora de prazo somam cerca de 1km de extensão. Todo o Corredor Ouro Verde tem 14,6 km de extensão: começa no Terminal Central e percorre as avenidas João Jorge, Amoreiras, Piracicaba, Ruy Rodriguez e Camucim, até chegar ao Terminal Vida Nova.


Os trabalhos no trecho que ficou paralisado serão realizados em três fases. A primeira delas, já iniciada, inclui a finalização do viaduto e execução de trecho sobre a linha férrea, seguindo até o Terminal Vida Nova. A segunda fase refere-se à parte do Terminal Ouro Verde. E a terceira diz respeito ao trecho da ponte sobre o Rio Capivari. Entre o Natal e o Ano Novo, as equipes que atuam na primeira etapa das obras entrarão em recesso, retornando ao trabalho no dia 3 de janeiro.

O BRT Campinas já está com 95% das obras concluídas, e todos os trabalhos dos demais lotes do BRT (1, 2 e 3) estão dentro do prazo. O Lote 1 já foi 100% concluído. O Lote 2 está quase finalizado, com exceção de dois viadutos que serão construídos em 2022 (sobre a Avenida Transamazônica e sobre a Rodovia dos Bandeirantes). Já no Lote 3, faltam apenas a conclusão do Terminal Campos Elíseos (com mais de 70% de obra realizada), a reforma do Terminal Mercado e a implantação de uma passarela em frente ao Hospital Mario Gatti, na Avenida Prefeito Faria Lima.

O secretário Carlos José Barreiro informou que o BRT deve ser entregue até junho de 2022 e ressaltou ainda que as obras – além da realização do BRT em si – “estão possibilitando fazer uma gigantesca melhoria na infraestrutura viária dos trechos contemplados”.

As informações são da Prefeitura de Campinas.

Outras notícias