Shoppings prometem ir à Justiça contra lei do estacionamento grátis; Vereador diz que é “chororô”

 Shoppings prometem ir à Justiça contra lei do estacionamento grátis; Vereador diz que é “chororô”

Após a aprovação da lei que deverá garantir gratuidade nos estacionamentos dos shoppings e hipermercados de Campinas mediante compra de valor mínimo, a
associação desses estabelecimentos comerciais informou que deverá ingressar com ação na justiça.

A estimativa é de que um shopping grande arrecada até R$ 70 milhões por mês, e esse dinheiro vai todo para os donos do empreendimento, não sendo usado para
melhorias ou outros fins. Com a proposta aprovada na Câmara dos Vereadores, essa arrecadação despencaria. Quem gastar pelo menos 10 vezes o valor da taxa,
estaria isento do seu pagamento, por exemplo: a taxa de estacionamento é R$ 10,00, então deve ser comprovado um gasto de ao menos R$ 100,00 para que haja a
isenção por no máximo 6 horas.

Os shoppings alegam que a lei é inconstitucional pelo fato do município não poder interferir em espaços particulares, por isso caberia a uma lei federal discorrer sobre o
assunto. Os vereadores de Campinas disseram que isso é “chororô” e que não há nada de inconstitucional, tanto que foi votado e aprovado por todos.


A lei agora segue para sanção ou veto do prefeito Jonas Donizette. Há um tempo atrás os estacionamentos em shoppings eram gratuitos. O Iguatemi foi o primeiro a
implantar taxa e todos os demais seguiram, o que é cobrado até hoje com reajustes anuais.

Da Redação ODC.

Outras notícias