Torcedor faz insultos racistas a repórter da Rádio Bandeirantes no estádio do Guarani

·

·

·

Tags:

Na semana da consciência negra, um episódio lamentável aconteceu nas dependências do Estádio Brinco de Ouro em Campinas na noite da última sexta-feira dia 22/11.

O repórter Júlio Nascimento, que trabalha para a Rádio Bandeirantes, relatou ter sido ofendido após o término da partida entre Guarani e América Mineiro. Enquanto ele se dirigia para a sala de imprensa, torcedores teriam chamado ele de “macaco” e dito “aqui não é o seu lugar”, além de outras ofensas.

Após o episódio, o fato foi relatado pelo repórter na rádio e acabou se emocionando. O Guarani Futebol Clube, em nota, informou que vai dar todo o suporte para que o torcedor que fez as ofensas seja identificado. Abaixo, segue a nota do Guarani na íntegra:

“Na semana de menção da CONSCIÊNCIA NEGRA, onde o tema foi veementemente abordado, o jornalista Júlio Nascimento, da Rádio Bandeirantes, foi vítima de racismo após o término da partida entre Guarani e América-MG, no Estádio Brinco de Ouro.

O Guarani Futebol Clube vem manifestar o seu repúdio ao ato de discriminação racial promovido e dará todo suporte necessário ao jornalista e órgãos competentes para identificação do criminoso.

Jamais seremos omissos diante de acusações tão graves. Somos um clube de brancos e negros. O racista não nos representa. O Guarani não admitirá, em nenhuma hipótese, a presença de cidadãos em suas dependências que não respeitem os princípios básicos da dignidade humana e respeito ao ser humano.”

Da Redação ODC.