Vereador de Campinas propõe lei para cinemas exibirem filmes adaptados para autistas


O vereador Jorge da Farmácia está propondo uma lei que obriga as salas de cinema de Campinas a terem sessões adaptadas para quem tem Transtorno do Espectro Autista, o TEA.

Nessas seções o filme deverá ter som reduzido, luz baixa e sem propagandas de outros filmes. As mães de filhos com TEA aprovam a lei pois para elas as pessoas devem ter a consciência de quem tem o transtorno também tem o direito de se divertir.

Jorge da Farmácia disse que o objetivo da lei é assegurar o direito e a inclusão dos autistas. As salas que não respeitarem a lei poderão ser multadas. Uma lei parecida já existe em São Paulo.

Da Redação ODC.

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré