Precisa pegar ônibus? Consulte aqui!

Pesquise por prefixo

    Pesquise por ponto de interesse

      De 11 vereadores cobrados publicamente pelo ODC, apenas 1 respondeu

      ·

      ·

      ·

      Tags:

      Há 11 dias, o ODC tem publicado, na página do Facebook, cobranças públicas aos 33 vereadores de Campinas pedindo explicações sobre o que cada um fez pelo transporte coletivo e o BRT, especialmente da região do Ouro Verde, que teve a obra abandonada e que aguarda finalização de um novo processo de escolha de empresa.

      Ao mesmo tempo que sentimos tristeza, não nos surpreende o fato de apenas um deles ter respondido aos nossos questionamentos.

      Rodrigo da Farmadic (União Brasil) foi o único que respondeu ao ODC, sendo que o canal de comunicação está aberto para todos os demais legisladores de Campinas se posicionarem.

      Mesmo com os leitores marcando os demais vereadores nas postagens, nenhum nos procurou por meio do nosso Inbox (que está aberto também para quem segue a página e não tem qualquer relação com a política).

      Isso demonstra a falta de interesse do Legislativo campineiro em querer solucionar problemas que são realmente importantes. Porque, ao mesmo tempo que população é ignorada — lembrando que nós não somos um veículo ‘tradicional’ de imprensa, já que não temos amarras com nenhum grupo de comunicação ou mesmo com a prefeitura, os requerimentos de mudanças esdrúxulas de linhas continuam sendo encaminhados. E, o que é pior, sendo atendidos pela Emdec, mesmo que isso vá contra qualquer lógica de coletividade.

      A renovação da Câmara de Vereadores de Campinas nas eleições de 2020 foi de 48%. Ou seja, vários novos legisladores entraram na casa, eleitos por uma população que acreditava em melhorias. Muitos apenas ligam para os bairros de onde foram escolhidos, e, se bobear, nem conhecem o restante da cidade.

      O problema é que ser vereador não é apenas defender o “curral eleitoral”. É olhar como um todo para os problemas de uma cidade. Parece que são poucos que sabem a relevância disso.