Seguro de vida é planejamento financeiro?

 Seguro de vida é planejamento financeiro?

O seguro de vida é muito mais que uma maneira de proteger a família do titular da apólice.

Trata-se de uma forma de planejamento financeiro e, também, de uma ferramenta para antecipar soluções diante de alguns tipos de imprevistos, como perda de renda, acidentes e doenças.

Assim, é possível gerenciar melhor os riscos e ter mais benefícios durante as fases de transições da vida.


Mais pessoas estão entendendo essa lógica.

Em Campinas, no ano passado, o desempenho desse produto surpreendeu: houve um aumento de 18% na contratação de novos seguros de vida individual em relação a 2019.

“Apesar de muitos imaginarem que este seguro é voltado a pessoas já estáveis financeiramente, é importante reforçar que se trata de um produto bastante oportuno para quem está começando uma carreira. Ele garante tranquilidade financeira em caso de afastamento do trabalho por invalidez, acidente e doenças, além de abranger várias enfermidades e transplantes. Oferece, ainda, cobertura para pagamento de despesas médicas, hospitalares e odontológicas por acidente e antecipação em caso de doença em fase terminal”, explica Walmando Fernandes, especialista em seguros e gerente da Sucursal Caminas da Porto Seguro.

É possível também encontrar seguros com cobertura exclusiva para mulheres em caso de diagnóstico de câncer (inclusive o de mama): nestas situações, a pessoa recebe 50% do capital segurado para auxiliar no tratamento (exceto para câncer de pele) ou para utilizar como quiser.

Com esse dinheiro, a titular da apólice pode pagar uma cuidadora, comprar alimentação diferenciada, remédios ou fazer o que preferir.

Outra cobertura importante é a reposição de perda financeira devido ao afastamento do trabalho.

Nesse caso, a cobertura de DIT (Diárias por Incapacidade Temporária) permite ao segurado repor sua perda caso precise se afastar por doença ou acidente até que volte trabalhar.

A cobertura é válida para 250 profissões, incluindo MEI (Microempreendedor individual).

Esse tipo de seguro é, na verdade, uma proteção de renda, principalmente para os profissionais liberais, autônomos e empresários que dependem de sua atividade para o seu faturamento mensal.

A cobertura é válida por até um ano.

Para esses profissionais, é importantíssimo ter suporte financeiro até que se restabeleçam por completo.

“O seguro de vida, independente de profissão ou idade, é uma importante ferramenta para proteção financeira, de renda e de planejamento para todas as pessoas preocupadas em gerenciar riscos e imprevistos. É uma forma segura para proteger o patrimônio, a renda e a família”, acrescenta Fernandes.

Qualquer pessoa interessada em contratar um seguro de vida deve entrar em contato com um Corretor de seguros de sua confiança.

O profissional poderá esclarecer todas as dúvidas, levantar as necessidades especificas e ajudá-la na escolha do seguro de vida mais indicado para o seu perfil.

Outras notícias