A pauta é: Campanha política começa nas redes sociais com bloqueios e ameaças a eleitores

 A pauta é: Campanha política começa nas redes sociais com bloqueios e ameaças a eleitores

Em meio a uma grande pandemia, cheia de novas regras sanitárias, a cidade de Campinas já está tomada pela propaganda política. Como neste ano serão escolhidos novos prefeitos e vereadores, o corpo a corpo fica mais intenso, mesmo com o distanciamento social.

Muitos já estão aparecendo nas redes sociais falando de obras que eles não fizeram, ou que são responsáveis por elas. Há um candidato que teve a audácia de dizer que foi o organizador de um abaixo assinado pedindo o sistema BRT na região do Jardim Florence, o que não é verdade.

Um outro candidato foi questionado sobre seu passado e acabou fazendo o bloqueio de eleitores e ameaçou-os via WhatsApp, deixando “avisado” que caso o assunto seja abordado mais uma vez, o eleitor será passível de ação judicial.


Parte dos atuais vereadores já começou a escrever destempéries nas redes. Um deles disse que é uma falta de respeito com os eleitores que o elegeram as pessoas fazerem críticas à ele. Bom, quem foi condenado pela Justiça foi ele, e não os eleitores. Agora, se a pessoa quer ser político e não quer receber críticas, melhor ficar em casa.

Mas ainda há candidatos aparente bons e que estão, pelo menos agora, abertos ao debate, sem fazer bloqueio de adversários, respondendo a críticas, convidando o eleitor a conhecer melhor as propostas, como a política deve ser. Ao menos um ponto positivo.

Da Redação ODC.
Leia também: Guarda Municipal dispersa festa com mais de 200 pessoas em chácara do Jardim Icaraí em Campinas

Outras notícias