Aberturas de leitos no Hospital Mário Gattinho será antecipada

·

·

·

Tags:

A Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar antecipará, para a próxima semana, a abertura de leitos de enfermaria na Unidade Pediátrica Mário Gattinho. Serão 15 leitos, que irão reforçar a atual estrutura de internação de crianças para o enfrentamento do período de sazonalidade das doenças respiratórias, que ocorre no Outono e Inverno. O dia exato para internação de novos pacientes será definido no início da semana.

Com a ampliação da estrutura de enfermaria, o Hospital Mário Gatti passará a contar com 34 leitos pediátricos, sendo 19 no quarto andar do Mário Gatti e 15 na Unidade Pediátrica Mário Gattinho.

Nesta quarta-feira, 15 de março, a Rede Mário Gatti está com 100% de ocupação de leitos pediátricos no Complexo Hospitalar Prefeito Edivaldo Orsi (Hospital Ouro Verde) e Hospital Municipal Mário Gatti. Os 15 leitos de UTI no Ouro Verde e 10 no Mário Gatti estão ocupados. Dos 11 leitos de enfermaria no Ouro Verde, há apenas um vago. No Mário Gatti há 32 crianças internadas – são 19 na enfermaria do quarto andar; oito na retaguarda do pronto-socorro infantil e outras cinco internadas em leitos originariamente destinados à observação e emergência.

O aumento por busca de atendimentos no pronto-socorro infantil já é grande. Nos primeiros 14 dias de março foram atendidas 3.476 crianças, média de 248 por dia no Mário Gattinho. Em fevereiro, em igual período, foram 2.548 atendimentos, média de 182 por dia. Em fevereiro, crianças com sintomas respiratórios representaram 18,3% do total e, em março, 36,1%.

A previsão para o início das internações na unidade pediátrica era a partir de 3 de abril, após o adiamento do cronograma de entrega em função das fortes chuvas que atingiram Campinas desde dezembro e afetaram o ritmo das obras. Mas a necessidade de garantir estrutura de enfermaria para crianças, levou a Rede a antecipar a abertura de 15 leitos já na próxima semana.

A partir de abril, quando passará a funcionar em sua totalidade, o Mário Gattinho terá 56 leitos, 13 a mais em relação a estrutura atual. Serão 14 de UTI, 15 de enfermaria, nove de retaguarda, dois de urgência, nove leitos para internação de lactentes (crianças até dois anos de idade) que poderão ser convertidos em leitos de unidade de cuidados intermediários em caso de necessidade, além de área para recuperação pós-anestésica (RPA) com quatro leitos e mais três leitos-dia.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Pesquisas sobre cabelos cacheados e crespos crescem 232% e 309% nos últimos dois