Precisa pegar ônibus? Consulte aqui!

Pesquise por prefixo

    Pesquise por ponto de interesse

      Amanhã, obra do BRT completa 1 ano de atraso. É a festa da incompetência

      ·

      ·

      ·

      Tags:

      A obra do BRT completa amanhã um ano de atraso. A imprensa ativa, que não recebe verbas oficiais para defender o indefensável, como acontece com algumas publicações da cidade, já preparou algumas ações para “comemorar” a data.

      O péssimo secretário Carlos José Barreiro, que ainda está no governo mesmo com sua gestão extremamente letárgica, continua atrasando a obra de forma proposital.

      Primeiramente o mesmo enrolou o máximo que pôde a rescisão com a empresa Artec, responsável pelo trecho do Corredor Ouro Verde entre o Campos Elíseos e o Vida Nova, ao lado da empresa Metropolitana, com a qual formou o Consórcio BRT Campinas para a obra.

      Todo mundo, repete-se, todo mundo, sabia que a Artec estava já insolvente pois atrasou sua parte na obra do BRT de Sorocaba, houve greve de funcionários por atraso de salários, mas Campinas continuou com essa empreiteira e com a Metropolitana.

      Apenas mais de DOIS anos depois, com a obra já completamente mal feita e atrasada, e vendo que não havia mais saída, Barreiro fez a rescisão contratual.

      De lá pra cá, a obra continuou atrasando cada vez mais, enrolou-se mais um absurdo de tempo para culminar na contratação da mesma empresa que já havia feito o primeiro trecho do mesmo corredor, no caso a Compec Galasso.

      A Compec Galasso fez o Terminal Campos Elíseos a passos de tartaruga manca reumática, que ainda não foi inaugurado. Agora não se sabe se essa lentidão toda foi proposital para que o prefeito Dário entregue a obra na semana do aniversário de Campinas, daqui a duas semanas, por ordem direta de Barreiro, ou se a Compec Galasso é outra Artec da vida.

      Esse um ano vergonhoso de novos atrasos na obra é só mais um na conta de todo o atraso que a obra completa vem sofrendo. E mesmo com a contratação da nova empresa para terminar o trecho abandonado, as obras ainda nem foram retomadas.

      Os vereadores de Campinas, que têm como missão fiscalizar os atos do poder executivo, continuam dormindo em berço esplêndido, se esbaldando com o dinheiro público.

      Há cerca de 60 dias o ODC iniciou uma série de cobrança de todos os vereadores sobre os atrasos das obras do BRT e APENAS DOIS responderam: Rodrigo da Farmadic e Carlinhos Camelô.

      Três vereadores da oposição preferiram “apoiar” uma ideia caduca e esdrúxula de manter uma péssima linha de ônibus em detrimento ao BRT, mas sequer responderam ao ODC. Ou seja, são pessoas que apenas querem votos, e vão procurar vocês no ano que vem.

      Enquanto isso, Barreiro continua fazendo de Campinas seu grande circo, atrasando obras para agradar a alguém (esperamos que não seja para agradar ao prefeito Dário, pois seria o cúmulo do absurdo alguém ser conivente com isso), e recebendo muito bem por isso.

      A péssima gestão das obras de Campinas, e anteriormente a péssima gestão do transporte da cidade, nas mãos de Barreiro, nos fará votar em qualquer outro candidato que não seja dessa gestão, apenas para ver esse homem fora do Palácio dos Jequitibás. Lamentável.

      José Gaveta – Da Redação ODC.
      Leia também:
      Linha 404 terá desvios por conta de obras perto do Tancredão