Caixa Econômica Federal vai emprestar dinheiro pra Prefeitura pagar BRT

 Caixa Econômica Federal vai emprestar dinheiro pra Prefeitura pagar BRT

Um dos quatro veículos com piso baixo total

Com informações da CBN Campinas

Foto: Fernando Pacífico / G1 Campinas

Na segunda-feira, dia 15, será assinado o contrato de financiamento de contrapartida do município de Campinas para obras do BRT. O valor do contrato é R$ 100 milhões, e os recursos são provenientes do PAC mobilidade urbana.

Na prática, esse evento é para assinar um contrato de “empréstimo” de dinheiro. Como a Prefeitura de Campinas não tem verbas suficientes para arcar com todas as contrapartidas, a Caixa Econômica, após algumas reuniões, decidiu financiar esse valor, que deve ser pago pela administração.


Participarão do evento o Prefeito de Campinas, Jonas Donizete, o vice-presidente de Governo da Caixa, Roberto Derziê, e outras autoridades municipais. O evento será na superintendência regional da Caixa, em Campinas, a partir das 10h30.

Em 31 de março foi assinada a autorização do início das obras, cuja previsão é para o mês de julho. O projeto executivo do BRT de Campinas prevê a construção de 32 km de corredores exclusivos, que ligarão os distritos do Ouro Verde e Campo Grande ao centro da cidade. Haverá ainda o Perimetral, que ligará os dois corredores.

ENTENDA O QUE É O BRT NA NOSSA REPORTAGEM ESPECIAL

Outras notícias