Precisa pegar ônibus? Consulte aqui!

Pesquise por prefixo

    Pesquise por ponto de interesse

      Campinas já teve cerca de 100 focos de incêndio apenas neste mês

      ·

      ·

      ·

      Tags:

      Na última segunda-feira, dia 13 de maio, foi realizada a primeira reunião da Operação Estiagem. Nela foram apontados cerca de 100 focos de incêndio somente nos 13 primeiros dias da operação.

      No ano passado, em quatro meses de operação entre maio e setembro foram encontrados 191 focos. A umidade do ar neste ano está mais baixa do que no ano passado, quando foram emitidos apenas 2 boletins de estado de Atenção. Já nos 13 primeiros dias deste ano já foram emitidos seis boletins.

      As ondas de calor que passam pela cidade facilitam os novos focos de incêndio por todo canto. Por isso, a Operação Estiagem tem como objetivo formar grupos que vão atuar diretamente para combater isso.

      Entre as novidades apresentadas para esta edição estão a contratação de brigadistas para a Mata de Santa Genebra; ampliação das equipes do Corpo de Bombeiros que irá manter, diariamente, um caminhão da corporação nas Áreas de Proteção Ambiental (APA) do Campo Grande e de Sousas/Joaquim Egídio.

      A secretaria de Serviços Públicos disponibilizou máquinas e equipamentos (trator e escavadeira) para apoiar o Corpo de Bombeiros na preparação de aceiros e combate a incêndios. Há também a intensificação das notificações dos incêndios registrados pela equipe de fiscalização da Secretaria do Clima, Meio Ambiente e Sustentabilidade (Seclimas) e da Coordenadoria de Fiscalização de Vielas e Terrenos (Cofivt/Serviços Públicos).

      Além disso, houve a admissão de novos agentes de Defesa Civil, via concurso público, que já passaram por treinamento com o Corpo de Bombeiros.

      Uma outra novidade para este ano é um checklist que verifica durante a vistoria dos focos de incêndio para identificar se eles foram intencionais, se houve negligência ou alguma imperícia.

      Da Redação ODC.
      Leia também:
      Prefeitura de Campinas exclui população do BRT ao negar parada na Avenida Moraes Salles