Campinas tem tabela horária de ônibus, mas por que às vezes ela falha?

 Campinas tem tabela horária de ônibus, mas por que às vezes ela falha?

Foto: ODC

O transporte coletivo urbano passou por muitas mudanças ao longo dos anos, e muitas delas para melhor, apesar de muita gente achar que a situação piorou.

Uma das mudanças mais positivas foi a possibilidade de monitorar a localização do veículo, permitindo assim que aplicativos possam dar informações precisas sobre onde o ônibus está naquele exato momento.

O problema é quando essa transmissão falha pelos mais diversos motivos. Por isso, ainda existe a boa e velha tabela horária que é emitida pelo órgão gestor, no caso de Campinas é a Emdec, para que as empresas operadoras cumpram.


O ODC atualmente é o único site que tem todas as tabelas horárias devidamente atualizadas, pois com a pandemia do novo coronavirus nem a Emdec está mais publicando, já que os horários estão sendo modificados com muita frequência.

Só que há uma questão muitas vezes não observadas pelos passageiros, que são as intercorrências durante o itinerário, que podem comprometer praticamente a tabela horária toda. Vamos exemplificar:

Suponhamos que a linha 131 tenha um horário que saia às 06:00 e outro que saia às 06:30 do Terminal Vida Nova, e o tempo dele para chegar no ponto final, que é na primeira parada do Corredor Central, na Avenida Moraes Salles, é 1 hora, ou seja, o primeiro ônibus deve chegar lá até às 07:00 e o segundo, no máximo às 07:30.

Só que esses dois ônibus precisam passar pelo Terminal Ouro Verde para embarcar mais passageiros, e a fila está muito grande. O primeiro ônibus das 06:00 deve passar pelo Ouro Verde por volta das 06:15. Ele chega no horário certo, mas consegue sair apenas às 06:20.

O carro que veio atrás pode ter se adiantado e ao invés de entrar às 06:45 no Ouro Verde, entrou às 06:35, e não fez embarques pois o ponto estava vazio. Nisso, o ônibus da frente foi parando em todos os pontos e foi superlotando, enquanto o de trás consegue alcançá-lo na altura do Mário Gatti.

Com isso, ambos os ônibus chegam no ponto da Moraes Salles às 07:15, ou seja, o primeiro está 15 minutos atrasado e o segundo, 15 minutos adiantado. Como ali não pode ficar parado por ser um local de circulação, os dois acabam saindo juntos novamente.

Só nisso, dois horários da tabela acabaram ficando desregulados. Quem esperava o coletivo às 07:00 na Moraes Salles, acabou pegando só às 07:15, e o que ia pegar o das 07:30 vai ter que esperar chegar o das 08:00, pois o carro adiantou 15 minutos.

As tabelas horárias não estão erradas, nesse caso, porém os coletivos tiveram intercorrências pelo caminho como trânsito excessivo, troca de motorista, muitos embarques e desembarques, obras, entre outros. Por isso, as vias exclusivas para ônibus são importantes para acabar justamente com esse tipo de problema.

Da Redação ODC.
Leia também:

Outras notícias