Começa obras nas calçadas da Rua José Paulino no Centro de Campinas

·

·

·

Tags:

A etapa de intervenções nas calçadas das obras de requalificação da rua José Paulino foi iniciada nesta terça-feira, 30 de janeiro. Houve a retirada do calçamento atual com maquinário para futura colocação de piso intertravado, no trecho entre a rua Marechal Deodoro e a avenida Orosimbo Maia. A interdição é parcial, apenas a faixa esquerda ficará interrompida ao tráfego nesta quadra, de forma contínua até a finalização dos trabalhos.

Antes da implantação do novo calçamento, haverá nivelamento do piso. A requalificação da rua José Paulino ocorre sob a gestão da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). As obras são realizadas pela Comercial e Construtora Fênix Ltda.

A etapa preliminar contemplou vistorias técnicas para finalização do projeto geométrico, que incluiu mapeamento das redes subterrâneas existentes (água e esgoto). Em dezembro, a empresa contratada concluiu o levantamento topográfico.

A requalificação da rua José Paulino prevê acesso seguro e prioritário para pedestres, ciclistas e usuários do transporte coletivo. A iniciativa integra o projeto de Rua Completa e está inserido dentro do Programa Revivacidade.

O projeto

Anunciado em outubro de 2023, o projeto abrange o trecho da José Paulino entre as avenidas Dr. Moraes Salles e Orosimbo Maia – 835 metros e nove quadras. Além da substituição do pavimento das calçadas por piso intertravado, a requalificação inclui recapeamento asfáltico, nova sinalização horizontal e vertical, implantação de piso podotátil direcional, rampas de acessibilidade e botoeiras sonoras, além de balizadores para contenção de fluxo.

Os pisos das calçadas terão tonalidades distintas para diferenciar a faixa de serviço (postes de iluminação, colunas de sinalização vertical e mobiliário urbano) e faixa de circulação (área destinada ao trânsito de pedestres e às paradas de ônibus).

O projeto de requalificação da rua José Paulino prioriza a mobilidade ativa (circulação de pedestres e ciclistas) e o transporte coletivo. Para melhorar as condições do caminhar, haverá o alargamento das calçadas. Serão implantadas uma ciclofaixa à esquerda da via e faixa exclusiva para os ônibus à direita da via. O limite de velocidade na via será reduzido para 40 km/h.

Serão implantadas seis novas paradas de ônibus com abrigos padrão “Glicério”, sendo que duas delas terão plataformas elevadas. O local irá receber novo mobiliário urbano, como bancos, lixeiras, paraciclos e floreiras com vegetação.

Entre as ruas Treze de Maio e Costa Aguiar, o pavimento será nivelado na altura do passeio, proporcionando a fluidez nos calçadões. O nivelamento também tem o objetivo de diminuir a trepidação na Catedral Metropolitana, protegendo o patrimônio histórico.

Serão investidos cerca de R$ 4,4 milhões no projeto, com verba da Secretaria de Transportes (Setransp). O prazo estimado para execução de todo projeto é de 12 meses.

Sobre a José Paulino

A rua José Paulino atravessa o “Rótula” (Corredor Central, formado pelas vias Moraes Salles, Irmã Serafina, Anchieta, Orosimbo Maia e Senador Saraiva). A via forma um sistema binário (uma via vai e outra volta) com a avenida Francisco Glicério. A José Paulino faz cruzamento com vias importantes, como Benjamim Constant, Campos Sales e Treze de Maio (calçadão).

Levantamento realizado pela Emdec, em 2017, aponta a circulação de 21 mil pedestres por dia na via. Pela José Paulino circulam, diariamente, 33 linhas do transporte coletivo municipal e 183 ônibus; e outras nove linhas intermunicipais.

Campinas 250 Anos

A revitalização da rua José Paulino integra a série de ações para as comemorações dos 250 anos de Campinas. Até o dia 14 de julho de 2024, a Prefeitura anuncia 250 realizações, em todas as áreas, para oferecer mais qualidade de vida para cerca de 1,1 milhão de habitantes que vivem na cidade, além de quem vem para trabalhar e passear.

Saiba mais pelo site: https://portal.campinas.sp.gov.br/sites/250anos/.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Qual idade ideal para levar o bebê ao dentista?