Emdec e Guarda apreendem moto com mais de R$ 1 milhão em multas


Ação conjunta entre a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e a Guarda Municipal (GM) resultou na apreensão de uma moto com R$ 1.304.026,94 em multas de trânsito. A apreensão do veículo, realizada pela GM, ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 27 de setembro, na avenida John Boyd Dunlop, aproximação da avenida Brasília, na região entre os jardins Ipaussurama e Roseiras.

O trabalho que culminou com essa apreensão teve início na terça, 26 de setembro, quando a Emdec informou a placa do veículo para o serviço de Inteligência da GM, que cadastrou as informações no sistema de alerta da cooperação. Com a ajuda da rede de câmeras de monitoramento, foi possível localizar e realizar a abordagem do veículo.

“O que chama a atenção da Guarda Municipal é que a moto, com este valor alto de multas, estava circulando com o proprietário. Geralmente, as motos com valores elevados de infração estão em nome de terceiros, que não sejam os donos”, destacou o inspetor da GM Ademir Arruda, da equipe que abordou o veículo.

Valor de 83 motos iguais

Considerando o modelo e o ano da moto na tabela FIPE (R$ 15.590,00), com o valor das multas é possível comprar 83 veículos iguais. A Emdec já enviou para a Inteligência da GM uma relação com mais de dois mil veículos que possuem número elevado de multas de trânsito.

A ação foi realizada durante intensificação de patrulhamento na operação “Meu Bairro Seguro”; e está em consonância com a campanha #Desacelera – Não ultrapasse o limite da vida, lançada pela Emdec durante a abertura da Semana da Mobilidade Urbana, que ocorre neste mês de setembro. O veículo foi encaminhado ao Pátio Municipal.

A moto, uma Honda CG 160 Titan vermelha, ano 2021, registra a grande maioria de multas por excesso de velocidade e avanço de sinal vermelho. “São dois tipos de infração que colocam em risco, direto, a vida das pessoas. Por isso, estamos intensificando nossa parceria com a GM, realizando um trabalho de inteligência, para retirar esses veículos das ruas, que colocam, em risco, a segurança de todos. São poucos, em comparação com a frota que circula pelo município, mas com potencial de produzir enormes danos, como a perda de uma vida”, afirma o presidente da Emdec, Vinicius Riverete.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Operação na John Boyd aborda 61 veículos e identifica placas encobertas para burlar radares

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré