Finalmente um nome bom e técnico na Emdec: Dário escolhe Ayrton Camargo e Silva

 Finalmente um nome bom e técnico na Emdec: Dário escolhe Ayrton Camargo e Silva

Em meio a tantos nomes ruins para o primeiro escalão do governo Dário Saadi, que começa amanhã, dia 01/01, ao menos um nome muito bom foi anunciado.


A Emdec finalmente foi separada da Secretaria de Transportes, ou seja, quem fica em um não pode ficar em outro, cumprindo uma determinação da Justiça do ano passado que não foi cumprida por Jonas ao manter Barreiro nos dois.

Nos Transportes fica Vinícius Riverete, que era da Secretaria da Habitação e presidência da Cohab, agora ocupada por Arly de Lara Romêo. Ele é graduado em direito tributário, ou seja, não entende nada de trânsito e transportes.

Há muito tempo a Secretaria de Transportes não é ocupada por alguém tecnicamente qualificada para o cargo, ou seja, são sempre indicações políticas.

Para compensar, a presidência da Emdec ficou com Ayrtou Camargo e Silva, um nome muito forte e de grande competência dentro do ramo de transportes.

Ayrton é formado em arquitetura e urbanismo pela PUC-Campinas e tem mestrado em planejamento urbano. Desde 2019 é assessor da Diretoria de Engenharia do Metrô de São Paulo, no Núcleo de Inovação.

Também integrou a diretoria executiva da Associação Nacional de Transportes Públicos. Atuou como diretor de planejamento da Emdec entre 2001 e 2004, trabalhou na Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo, na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e presidiu a Estrada de Ferro Campos do Jordão.

É um nome de enorme competência no setor de transportes, porém a questão é: ele terá liberdade para trabalhar, ou terá que se curvar aos interesses políticos de outros secretários e do prefeito? Com Ayrton na Emdec, Campinas só tem a ganhar, mas vamos ver como será com o tempo.

Da Redação ODC.
Leia também: Menino que tentou negociar casa por R$ 50 a parcela consegue comprar imóvel para a família

Outras notícias