Foragido do caso do vencedor da Mega-Sena se entrega à Polícia

·

·

·

Tags:

Roberto Jefferson da Silva, de 38 anos, foragido com prisão preventiva decretada pela Justiça, se entregou no final da tarde desta sexta-feira à Polícia Civil de Piracicaba, que comanda as investigações sobre a morte do vencedor da Mega-Sena Jonas Lucas Alves Dias, em Hortolândia.

Segundo a delegada Juliana Ricci, da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic), o homem se apresentou com um advogado na sede da delegacia às 18h15.

Em primeiro depoimento ele negou conhecer a vítima e negou participação do crime.

Também nesta sexta-feira, a Polícia divulgou imagens de câmeras de monitoramento divulgadas que mostram Roberto Jefferson junto com Rebeca Messias Batista Pereira, de 24 anos, que foi presa no domingo passado, em uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, em Santa Bárbara d’Oeste, no dia da morte de Jonas Lucas.

Vale lembrar que o ganhador da Mega-Sena morreu no dia 14 de setembro no Hospital Mário Covas, após ser resgatado por equipes da concessionária AutoBAn na Rodovia dos Bandeirantes.

Ele foi espancado e deixado para morrer, segundo a investigação.

Também segue preso Rogério Spínola, 48 anos, que foi encontrado no sábado em Santa Bárbara d’Oeste.

Apenas um homem segue foragido: Marcos Vinicyus Sales de Oliveira, de 22 anos.

Ele foi flagrado por câmeras da agência da Caixa em Campinas no dia do sequestro. O bandido estava com o cartão da vítima e fez dois saques, totalizando R$ 2 mil.