Hopi Hari poderá reativar La Tour Eiffel se plano de recuperação judicial for aprovado


Os maiores credores do parque Hopi Hari foram reincluídos no aditivo ao plano de recuperação judicial que foi apresentado à justiça da cidade de Vinhedo. A proposta inicial foi anulada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo pois teria itens ilegais.

O maior credor do parque é o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), que estava fora do plano inicial. O aditivo ia ser apresentado em junho, mas houve atraso por conta de uma auditoria. A dívida total do parque chega a R$ 300 milhões.

A assembleia de credores deverá acontecer no primeiro semestre do ano que vem, caso o plano seja aprovado pela justiça.

Paralelamente a tudo isso, há um questionamento adicional sobre a reabertura do brinquedo “La Tour Eiffel”, que está fechado desde a morte de uma jovem em 2012. O brinquedo, que simula a queda de um elevador, poderá ser reaberto em breve, mas depende da aprovação do plano de recuperação judicial e outros estudos. Por enquanto, então, segue sem previsão.

Da Redação ODC.

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré