Precisa pegar ônibus? Consulte aqui!

Pesquise por prefixo

    Pesquise por ponto de interesse

      Hospital Mário Gatti faz mutirão para diagnóstico de câncer de próstata

      ·

      ·

      ·

      Tags:

      O Hospital Municipal Dr. Mário Gatti realizou no último sábado, 28 de janeiro, um mutirão para diagnóstico de câncer de próstata. Foram realizadas 21 biópsias guiadas por ultrassonografia, procedimento essencial para confirmar a presença de câncer. Outro mutirão está marcado para 11 de fevereiro.

      Os pacientes submetidos ao procedimento apresentam condições indicativas de câncer, como níveis elevados de PSA e alterações no formato, tamanho ou textura da próstata observadas pelo médico por meio do exame de toque.

      As amostras coletadas nas biópsias foram encaminhadas para análise laboratorial e, em até 30 dias, os pacientes serão chamados para consulta, onde o médico definirá o tratamento a ser dado para os casos positivos – cirurgia ou quimioterapia.

      Segundo câncer mais frequente entre os homens, atrás dos tumores de pele, Campinas registra entre 500 e 600 novos casos anualmente. Nos últimos cinco anos, a cidade registrou 80 mortes pela doença, em média, ao ano.

      Quando diagnosticado na fase inicial e tratado, as chances de cura são 90%. “Se deixar para procurar o médico quando tiver sintomas pode perder grandes possibilidades de tratamento e de cura”, afirmou o coordenador do centro cirúrgico e referência técnica da Urologia do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, Fábio Thadeu Ferreira.

      Ele orienta que homens a partir do 50 anos procurem o médico para consulta, exame de PSA e de urina anualmente. Se houver histórico familiar de câncer de próstata, a ida ao médico deve ser a partir dos 45 anos.

      As informações são da Prefeitura de Campinas.
      Leia também: Aumenta a incidência de problemas de saúde mental

      [adinserter block=”4″]


      [adinserter block=”5″]