Incapacidade da Emdec de gerenciar sistema continua deixando ônibus superlotados em Campinas

 Incapacidade da Emdec de gerenciar sistema continua deixando ônibus superlotados em Campinas

Valéria Hein/CBN

A desorganização do transporte coletivo urbano continua penalizando a população de Campinas. Sem qualquer conhecimento sobre o sistema, a Emdec acaba por permitir enormes aglomerações em determinadas linhas.

Apesar de cerca de 80% da frota normal já estar nas ruas, as linhas seguem desorganizadas, deixando coletivos vazios em alguns itinerários e superlotados em outros.

Quando o “plano emergencial” do transporte foi feito pela Emdec no início da pandemia do novo coronavirus, algumas foram desativadas sem qualquer critério, e outras foram mantidas com frota reduzida.


Atualmente as mesmas linhas estão sendo reativadas de forma gradual, porém outras linhas seguem andando vazias, e itinerários especiais poderiam ser montados para liberar mais ônibus para linhas com maior lotação.

Um exemplo é a linha 242, que poderia ser atendido por várias outras linhas como por exemplo a 241, 171, 244, entre outras. Se a linha fosse paralisada e as outras três atendessem seu itinerário, seriam dois ônibus a mais liberados para linhas atualmente lotadas, e a população teria mais opção de atendimento.

Com a má vontade da Emdec em querer resolver o problema, a população continua à mercê de veículos cada vez mais lotados, sobretudo nas horas de pico.

Da Redação ODC.
Leia também: Começam a circular ônibus iluminados especialmente para o Natal em Campinas

Outras notícias