Jonas Donizette diz que pode liberar pista do BRT para ultrapassagem de carros no Ouro Verde

Antes mesmo do sistema BRT começar a operar na cidade de Campinas, a prefeitura já está tendo o trabalho de desfigurar o projeto original. Por conta das reclamações de comerciantes que estão nas avenidas Ruy Rodriguez e Camucim, o prefeito Jonas Donizette disse que já está estudando a possibilidade de permitir que carros usem a faixa exclusiva dos ônibus para poderem fazer ultrapassagens, já que nessas vias ficará apenas uma faixa para ônibus e uma para carros.

Essa possível decisão vai totalmente de encontro com o propósito do BRT, que é justamente deixar ao menos uma faixa livre para os ônibus, para desestimular as pessoas a usarem seus carros e migrarem para o sistema de transporte público. É comum que as vias laterais fiquem congestionadas nas horas de pico enquanto a do ônibus fica livre, já que a prioridade de circulação é justamente o transporte coletivo.

Ao abrir uma exceção, mesmo que seja apenas para ultrapassagem, seria necessário um efetivo sistema de fiscalização para garantir que os carros não invadam a faixa para poderem circular sobre ela, o que é muito difícil. Uma vez que a pessoa entra na faixa exclusiva, dificilmente sai dela, a não ser que haja algum item de fiscalização, como câmeras. Isso exigiria um investimento que é totalmente desnecessário se o projeto original fosse mantido. E quem acredita que a prefeitura irá investir em fiscalização?


A decisão não está tomada, mas com a popularidade tão baixa e com essas propagandas fajutas tentando recuperar a popularidade, o prefeito Jonas Donizette atualmente tem falado qualquer coisa que seja para agradar seus eleitores. Mas para quem já está querendo fazer o BRT sem as desapropriações previstas, começar a liberar a via para carros não seria novidade. Vai ser uma tonelada de dinheiro jogada no lixo.

Da Redação ODC.

Outras notícias