Mãe filma filha de 10 meses amarrada para forçar pai a reatar casamento

 Mãe filma filha de 10 meses amarrada para forçar pai a reatar casamento

Uma bebê de 10 meses de idade foi retirada da casa da mãe após a avó paterna denunciar que a mulher amarrou a criança com uma corda e enviou o vídeo ao pai exigindo a retomada do relacionamento.


O caso aconteceu na cidade de Girau do Ponciano, no interior do Estado das Alagoas. No vídeo a criança está com os pés, as pernas e os braços amarrados.

A mulher, ao fundo, estava rindo e chamando a criança de “ratazana”. O vídeo foi gravado em Minas Gerais, onde a mãe morava logo depois de se separar do rapaz. Após isso, mãe e filha foram morar em Alagoas, onde reside a avó paterna da criança.

A Patrulha Maria da Penha da cidade de Arapiraca foram até a casa da mãe e fizeram a retirada da criança do local. A criança foi entregue à avó paterna.

Apesar disso, não houve flagrante e não havia sinais de maus tratos na criança, e por isso a mãe não foi presa. O pai mora em Minas Gerais e foi orientado a entrar com pedido pela guarda da criança.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também:

Outras notícias