Menino no barril: o que já sabe? O que falta saber?

     Menino no barril: o que já sabe? O que falta saber?

    No sábado (30), Campinas e região pararam ao ver um caso chocante, que mexe até agora com os nervos de todos. Uma criança de 11 anos de idade foi encontrada dentro de um barril de ferro num “puxadinho” em uma casa no Jardim Itatiaia.

    Desde então, alguns detalhes passaram a destacar ainda mais a crueldade como o garoto vivia. Sem comer há três dias até então, o garoto teve que comer as próprias fezes para se alimentar.

    Os pais adotivos foram presos em flagrante por tortura.


    O ODC lista agora o que já se sabe e o que falta saber sobre este caso, com informações que ainda serão colhidas durante essa semana.

    O quê se sabe?

    Como a criança foi encontrada?

    Foi uma denúncia feita por vizinhos que levaram os policiais do 35º BPM/I até a casa, que fica em uma área de ocupação na Rua Recôncavo. Moradores da região relataram que não viam o garoto há vários dias, e suspeitaram do buraco em uma parede de tijolos que havia em uma residência.

    O garoto é filho dos presos?

    Não. Segundo o Conselho Tutelar de Campinas, a mãe biológica, usuária de drogas, abandonou a criança com o então namorado, que é hoje o pai da criança, quando o bebê tinha 7 dias de vida. Mesmo não sendo pai biológico, ele registrou o garoto. Hoje, o pai namora com uma outra mulher, que tem uma filha de 27 anos e outras três crianças.

    O Conselho Tutelar sabia do caso?

    Sabia apenas da situação da família. Durante entrevista coletiva neste domingo, o Conselho apontou que pode ter havido alguma falha durante a condução da situação da família. Nesta segunda-feira, haverá uma apuração com todos os órgãos para descobrir o que aconteceu.

    Os três foram soltos?

    Não. Eles continuam presos. O pai por tortura, sem direito a fiança. A madrasta e a meia-irmã por omissão, com fiança arbitrada em R$ 5 mil.

    A criança vai voltar para a família?

    Provavelmente não. Como a prisão foi em flagrante, dificilmente voltará para os pais. O Conselho Tutelar afirmou que o menino, depois que tiver alta, será encaminhado a um abrigo, até que a Justiça defina para onde ela vai.

    O menino está internado?

    Sim. O menino foi levado para o Hospital Ouro Verde e vai ficar lá até ter um peso considerado adequado para a idade (11 anos).

    O quê falta saber?

    Cadê a mãe biológica?

    Ninguém sabe. Depois que ela abandonou a criança com o pai, sumiu. Nem vizinhos tem informações do paradeiro dela.

    E os outros parentes?

    Ainda se sabe pouco sobre isso. Uma tia teria ido até o Hospital Ouro Verde, para onde o menino foi levado, mas nenhuma informação relevante foi divulgada sobre outros parentes.

    O menino tem problemas psiquiátricos?

    Ninguém sabe dizer. O Conselho Tutelar afirmou que não há um diagnóstico do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil (CAPS-IJ), que acompanha o garoto. Os pais alegavam que ele era hiperativo, mas isso pode ser da idade.

    O menino não estava na escola?

    Não se sabe. Esses dados serão levantados nesta segunda-feira.

    Outras notícias