Número de procedimentos estéticos em homens aumenta

·

·

·

Tags:

De acordo com a Pesquisa Global Anual de 2020 da ISAPS (The International Society of Aesthetic Plastic Surgery – em português, Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética), cerca de 15% dos procedimentos não cirúrgicos em todo mundo foram realizados em homens. O estudo revelou as cinco principais técnicas não invasivas, apontando o uso de toxina botulínica (43,2%) e ácido hialurônico (28,1%), depilação (12,8%), redução de gordura não cirúrgica (3,9%) e fotorejuvenescimento (3,6%). 

Segundo a ISAPS, os procedimentos cirúrgicos masculinos mais comuns continuam sendo cirurgia das pálpebras, lipoaspiração, ginecomastia, rinoplastia e otoplastia. O Brasil lidera com o maior número dos procedimentos não cirúrgicos realizados em todo o mundo, cerca de 22,1% do total. 

Segundo a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), os procedimentos estéticos mais procurados entre o público masculino estão associados com a idade. Entre as faixas-etárias, a otoplastia, também conhecida como correção das orelhas proeminentes, é procurada entre 10 e 30 anos. Dos 20 a 30 anos, as cirurgias de ginecomastia, que é a cirurgia para correção das mamas masculinas, e a rinoplastia (plástica no nariz) são os mais procurados pelos rapazes.

Ainda de acordo com a SBCP, o procedimento mais realizado entre os homens de 30 a 50 anos são os implantes capilares. Já entre os 50 e 60 anos, a cirurgia nas pálpebras, chamada de blefaroplastia, é a mais comum. E homens idosos, acima dos 60, buscam pela ritidoplastia, que é lifting facial, e também o tratamento cirúrgico das rugas do rosto. 

As razões para o aumento da demanda

Para Patrícia Leite Nogueira, médica cirurgiã plástica e proprietária da Clínica Meta, os principais procedimentos estéticos disponíveis para o público masculino no Brasil são toxina botulínica, preenchimentos, bioestimuladores, fios, procedimentos para queda de cabelo, tecnologias para melhora do contorno corporal, rinomodelação, entre outros. Entre as cirurgias se destacam a blefaroplastia, lipoaspiração, transplante capilar e rinoplastia.

A médica cirurgiã plástica revela que os mais procurados são a toxina botulínica e preenchimentos, principalmente de ângulo de mandíbula e queixo. E também os bioestimuladores, fios e até mesmo os procedimentos corporais. ”Os homens buscam procedimentos estéticos mas querem, acima de tudo, sutileza e naturalidade nos resultados”, explica. 

O comportamento do consumidor masculino sofreu mudanças nos últimos anos, assim como alterações nos padrões de beleza masculino, afirma a Dra. Patrícia.  “Acredito que devido a uma maior exposição nas redes sociais, cultura pelo corpo, o homem também sente a necessidade de se encaixar nos padrões de beleza mundiais”, justifica. 

A Dra. Patrícia revela que em sua clínica, o público masculino já representa 40% dos clientes. Ela diz que o hábito de se cuidar deixou de ser tabu ou algo negativo para o homem e passou a ser prioridade. “A tendência é que cada vez mais homens procuram clínicas em busca de procedimentos de estética corporal e facial”. Vale ressaltar a importância de procurar profissionais especializados e capacitados para a realização da técnica desejada.

Para saber mais, basta acessar: @drapatricialeite