O que é mais limpo e tem menos bactérias? O telefone celular ou a barba?

60

Existem matérias e estudos de vários lugares que falam sobre as sujeiras encontradas na barba e isso assusta muitas pessoas.

Alguns tendem a achar que a barba é um sinal de falta de higiene e por isso optam por não manter os pelos faciais. Outros, apenas não gostam de pelos no rosto e preferem raspar.

Um estudo europeu ficou popular ao mostrar que barbas de homens têm mais bactérias que pelo de cachorro. O que não ficou popular foi a conclusão do estudo que no final não envolveu nada de barba.

O estudo conclui que existe uma maior necessidade de higienização de ambientes hospitalares utilizados por humanos. Ou seja, o estudo que achou bactérias nas barbas conclui que isso não significa nada e que o hospital ou até a máquina deve ser melhor higienizada.

Os responsáveis pelo estudo chegaram a falar: “Devemos nos concentrar no conhecimento e na percepção da higiene e entender o que representa perigo e risco real para nossos pacientes”.

A higienização, não só na barba como em todo seu corpo é uma poderosa ferramenta para evitar doenças. Quando um surto de alguma doença se instala, as precauções são quase sempre as mesmas: lave bem as mãos, usar álcool em gel, entre outros.

Nossa barba tende a ser mais limpa que nossos celulares. Uma pesquisa feita em Campinas (SP) identificou no celular a presença de mais de 23 mil fungos e bactérias que podem provocar doenças como, conjuntivite, intoxicações alimentares, infecções respiratórias e urinárias.

Esse estudo foi capaz de demonstrar a importância da higienização do celular. Além de mostrar também que a limpeza e cuidados com a higiene é um fator de prevenção.

Não só o celular e a barba, mas também nossa boca possui colônias de bactérias. Segundo uma matéria da revista Saúde, nós temos que bactérias em nossas bocas que na maior parte das vezes não prejudica, mas “com o tempo e as condições de higiene bucal, a comunidade bacteriana pode passar a oferecer um desafio ao indivíduo que a hospeda, inclusive liberando toxinas que ativam a resposta do corpo e propiciando o aparecimento de problemas.”

Portanto, podemos entender que a higiene é um dos principais meios para se evitar diversas doenças e que o cuidado não só com a barba como também com o resto do corpo é essencial para a manutenção da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui