Obras da Sanasa interrompe fornecimento de água em bairro de Campinas na quinta, 14/12

·

·

·

Tags:

A Sanasa, empresa de economia mista responsável pelo saneamento em Campinas, está acelerando os investimentos para implementar o Plano Campinas 2030, que prevê a substituição de 450 quilômetros de tubulações de água até 2024. Até o momento já foram trocados 350 quilômetros.

Dando continuidade ao plano, na próximo quinta-feira, dia 14, a companhia vai desativar a rede de água atual do Jardim Santa Lúcia para a instalação de uma nova. A obra vai utilizar o método pipe bursting, no qual a rede atual é usada como “guia” para a instalação da nova.

Para ser executada, será necessário interromper o abastecimento das 8h até as 17h, dos imóveis localizados entre a Avenida Ruy Rodrigues e ruas Pedro Galhardi, Santa Maria Madalena Postel, José Augusto de Mattos, Maximiliano Weinlinch e Presidente Juscelino. Após a conclusão do serviço, o abastecimento será retomado de forma gradual.

Estão sendo instaladas tubulações em PeAd (polietileno de alta densidade), material resistente e com durabilidade de cerca de 50 anos, que vai melhorar a qualidade da água fornecida, reduzir a quantidade de reparos emergenciais e, consequentemente, novas paralisações no fornecimento.

A Sanasa solicita aos moradores que consumam água de forma consciente, especialmente no horário em que as obras estiverem em execução. A companhia ressalta que imóveis que possuem caixa d’água obrigatória para ao menos 24 horas de reservação, como determina o artigo 41 da resolução 145/2016, da ARES-PCJ, não devem sentir os efeitos da interrupção. Já para aqueles que ainda não estão de acordo com a determinação, a Sanasa recomenda que se faça a reserva antecipada de água, porém, destaca que os reservatórios devem permanecer com tela e fechados para evitar que se tornem criadouros do mosquito da dengue.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Linhas 321 e 322 mudam itinerário depois que ponte afundou em Barão Geraldo