Parque Ecológico já está reaberto; Veja parques que ainda estão fechados


A Prefeitura de Campinas reabrirá o Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim, na Vila Brandina, nesta quinta-feira, 30 de março. O horário de funcionamento é das 6h às 18h, todos os dias. Este parque, assim como todos os outros, havia sido fechado em 24 de janeiro, para vistorias e medidas de segurança em relação às árvores. Todas as áreas estão liberadas para uso dos visitantes.

Para reabrir com segurança aos visitantes, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos fez vistorias em todo o Parque Ecológico e a poda em 10 árvores e extração de 75 árvores, entre eucaliptos, leucenas e patas de vaca, que estavam secas e/ou com algum risco de queda.

Com o Parque Ecológico, agora são 11 parques reabertos ao público, do total de 25. A Lagoa do Taquaral, a mais famosa área de lazer de Campinas, voltou a receber visitantes no último sábado, dia 27 de março.

Parque Ecológico

O Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim é a maior área de lazer de Campinas em extensão, com 1,1 milhão de metros quadrados. Tem ampla área verde e de lazer com quadras poliesportivas, pista de skate, pista de caminhada, campo de futebol, pista de downhill, campo de bocha, lagoas, parquinho, academia ao ar livre, academia de musculação; campo de futebol de areia; casarão histórico; estacionamento para 1 mil carros, sendo 700 vagas, perto da portaria 1, e mais 300, próximo à portaria 2.

O local recebe uma série de atividades, como campeonatos de mountain bike, de tiro com arco, corridas, feiras, eventos gastronômicos, música, motociclismo, entre outros.

O parque possui um conjunto arquitetônico do século 19, período de desenvolvimento da produção açucareira na região, com um casarão, tulha e capela. Em 1987 a área foi transformada em parque pelo governo do Estado de São Paulo e, em 2014, a gestão foi transferida à Prefeitura de Campinas.

Parques abertos e fechados

Além do Parque Ecológico, os parques que estão abertos são: Lagoa do Taquaral (Parque Portugal), no bairro Parque Taquaral; Lagoa do Jambeiro (Praça José Ferreira de Toledo), no Parque Jambeiro; Parque Ecológico Benevenutto Tilli, no Jardim São Domingos; Praça da Juventude Alessandro Monare, no DIC 5; Parque Linear do Capivari (Parque Linear José Mingone), no Jardim Capivari; Bosque Ferdinando Tilli, no Parque Valença, Bosque dos Cambarás, no DIC 5; Parque Dom Bosco, no Vida Nova; Bosque da Mata, no Parque São Jorge; Bosque Santa Bárbara, no Parque Santa Bárbara

Os parques e bosques que permanecem fechados são: Bosque dos Jequitibás, no bairro Bosque; Lago do Café, no Parque Taquaral; Parque dos Guarantãs, no Jardim Nova Europa; Bosque Ythzak Rabin, no Jardim Madalena; Bosque Chico Mendes, no Parque São Quirino; Bosque São José (Praça Francisco Vivaldi), na Vila Lemos; Bosque Augusto Ruschi, no DIC 1; Bosque dos Italianos (Praça Samuel Wainer), no Guanabara; Bosque dos Alemães (Praça João Lech Júnior), no Guanabara; Parques das Águas, no Parque Jambeiro; Parque Luciano Valle, na Vila União; Pedreira do Chapadão (Praça Ulysses Guimarães), no Jardim Chapadão; Bosque dos Artistas, no Swift e Parque Hermógenes Leitão de Freitas Filho, em Barão Geraldo.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Micropigmentação é a nova tendência no mercado de beleza

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré