Pastor foragido há 12 anos é preso por delegado que se disfarçou de fiel em sua igreja

·

·

·

Tags:

Um pastor foi preso em São Paulo, no dia 30 de janeiro deste ano. O momento da prisão repercutiu nas redes sociais devido ao relato do delegado que cumpriu mandado de prisão em aberto contra Josenildo Severo de Andrade, de 37 anos.

O pastor foi detido dentro da própria igreja, enquanto esperava receber um testemunho de uma pessoa chamada ‘Augusto’. Augusto se tratava do delegado Akhenaton Nobre, da 1ª Delegacia de Capturas da Polícia Civil de São Paulo, que se passou por um novo fiel em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo.

O delegado relata que sob a promessa de dar o testemunho de como saiu da vida do crime, ele conseguiu se aproximar do foragido: “Em nome de Deus, preciso ser sincero: meu nome não é Augusto. Eu sou delegado de polícia e o senhor está preso”, teria dito o policial quando efetuou a prisão.

Enquanto se passava por Augusto, o delegado entrou em contato com o acusado pelo Whatsapp e foi convidado a ir à igreja para participar de um curso.

A ACUSAÇÃO
O pastor é acusado de matar uma pessoa e tentar assassinar outra em Vicência, no Interior do Pernambuco. Ele estava foragido há 12 anos.

De acordo com a Polícia, Josenildo responde por homicídio qualificado, com motivo fútil e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. O crime aconteceu no dia 9 de janeiro de 2011.

Por meio da investigação, a Polícia descobriu que Josenildo tirou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em abril de 2022, usando endereço falso. No decorrer das buscas, as autoridades apuraram onde o homem atuava.

Fonte: diariodonordeste.verdesmares.com.br / direitonews.com.br
Leia também: Como são feitas as renegociações de dívidas com bancos