Procon Campinas divulga pesquisa de produtos para ceia natalina; Variação chega a 160%


O Procon Campinas divulgou nesta segunda-feira, dia 5 de dezembro, a pesquisa de produtos para a ceia de Natal. Foram comparados 62 produtos em sete estabelecimentos diferentes, entre carnes congeladas, farofas prontas, frutas em calda, panetones e chocotones, conservas, lentilhas, maionese, gelatinas e azeitonas. A pesquisa foi realizada entre os dias 28 e 30 de novembro.

De acordo com a diretora do Procon Campinas, Yara Pupo, o principal objetivo da pesquisa é incentivar o consumidor a pesquisar preços. “Mantivemos na pesquisa somente os produtos encontrados no mínimo em três estabelecimentos. A ideia é disponibilizar aos consumidores a informação sobre a diferença de preços de produtos típicos que compõem a ceia de Natal”, disse.

A diretora alerta, ainda, que as variações de preços constatadas referem-se aos dias em que o levantamento foi realizado. Os preços atuais podem ser diferentes, uma vez que estão sujeitos a alteração, conforme a data da compra, inclusive por ocasião de descontos oferecidos, ofertas e promoções.

Dentre todos os itens pesquisados, a maior diferença encontrada foi de 159,80% no produto “Farofa Premium Apimentada”, de 380 gramas, da Yoki. Em um supermercado, o produto custava R$6,89, e, em outro, R$ 17,90.

A segunda maior diferença foi de 94,06% para o produto “maionese Liza Caseira”, de 489 gramas, encontrada por R$ 5,56 em um estabelecimento e por R$ 10,79 em outro. Já o terceiro lugar ficou com a “Azeitona Verde Vale Fértil, sache de 120g, sem caroço”, com diferença de 84,89%: de R$ 5,89 para R$ 10,89.

Os panetones e chocotones também foram pesquisados. A diferença percentual máxima foi de 71,63% para o Panetone Alpino de 400g, da marca Nestlé. Em um estabelecimento visitado custava R$ 24,99 e, em outro, R$ 42,89.

Dentre as carnes congeladas, a diferença mais significativa foi de 42,876%, referente ao quilo do produto “Chester Desossado Perdigão”: em um estabelecimento, custava R$ 24,49/kg, enquanto, em outro, R$ 34,99.

A pesquisa completa pode ser acessada pelo link https://procon.campinas.sp.gov.br/informativo-e-pesquisa-pre-o-ceia-natal

Dicas para as compras de Natal

A edição 2022 do informativo com as dicas para as compras de Natal traz um tópico específico sobre o consumo na infância. O material faz um alerta aos pais e responsáveis para conversar com as crianças sobre a adoção de hábitos saudáveis, inclusive de consumo.

A orientação sobre o consumo é um dos eixos do Plano Primeira Infância Campineira (PIC) que fala sobre a importância de proteger as crianças da pressão consumista. Lembando que o PIC é uma ferramenta que orienta as ações do poder público para garantir que as necessidades das crianças de zero a seis anos de idade sejam atendidas integralmente.

“Com a internet e a televisão, as crianças estão cada dia mais expostas às complexidades da relação de consumo. Por isso é preciso que os adultos reflitam sobre os seus próprios hábitos de consumo e que conversem com as crianças e adolescentes sobre esse tema”, destaca Yara Pupo.

É importante incentivar o convívio social e brincadeiras em grupo e ao ar livre, controlar o tempo de acesso às telas (TV e internet), conversar sobre os gastos domésticos. “Essas são algumas atitudes que podem auxiliar na formação de um consumidor mais consciente”, conclui a diretora.

Outros itens abordados no informativo estão relacionados aos cuidados nas compras em estabelecimentos físicos e pela internet, e como proceder ao usar aplicativos e canais digitais.

Há ainda orientações sobre compras de brinquedos, e os procedimentos no pós-compra, quando o fornecedor não cumpre o prazo de entrega ou entrega um produto diferente do que foi adquirido. Também são feitos alertas sobre desistência da compra e troca de produtos.

Confira o informativo com todas as dicas do Procon clicando em https://procon.campinas.sp.gov.br/sites/procon.campinas.sp.gov.br/files/arquivos-pesquisa/NATAL2_%20FINAL3.pdf

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Psicóloga orienta sobre cuidados para saúde mental no processo de envelhecimento

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré