Procon-Campinas publica lista com maiores reclamações do ano passado


O Departamento de Proteção ao Consumidor (Procon) de Campinas, divulgou nesta quarta-feira, 15 de março, Dia Internacional do Consumidor, o balanço anual de atendimentos de 2022. Foram 113.938 atendimentos realizados. Embora a divisão por canais de atendimento tenha sido equilibrada, o eletrônico foi o que teve maior número de registros: 39.982 (35%), seguido pelo telefônico, 37.752 (33%) e pelo presencial nos postos: 36.304 (32%).

O levantamento inclui o ranking dos dez segmentos mais reclamados no ano passado. Assim como em 2021, o setor de comércio eletrônico lidera a lista, seguido de perto pelos bancos e telefonia móvel. Quase empatados estão as financeiras e cartão de crédito. Provedores de internet, magazines e energia elétrica também estão na lista. Uma novidade foi a inclusão do setor de agências de viagens e de veículos no ranking de 2022.

As reclamações mais frequentes referem-se ao descumprimento de direitos básicos do consumidor, de ofertas, além de vícios de serviço e produto e cobrança e prática comercial abusiva. Entraram também para a lista de tipos mais frequentes, as queixas relacionadas ao prazo de arrependimento de sete dias. Neste período, consumidores podem desistir do contrato ou produto comprado à distância, com devolução de qualquer valor pago.

O ranking está disponível na seguinte página:https://procon.campinas.sp.gov.br/sites/procon.campinas.sp.gov.br/files/arquivos/ranking%202022-%20final%202%20%281%29.pdf

Avanços

O ano passado também foi especial para o serviço, com relação à área administrativa. Anteriormente, localizado na região central, a sede funciona hoje em um prédio alugado no Cambuí. “Um novo prédio e estacionamento foram adquiridos em 2022. A previsão é que possam ser entregues neste ano, levando a sede do Procon de volta ao Centro de Campinas e perto da população”, afirma a diretora do Procon Campinas, Yara Pupo.

Os veículos da equipe de fiscalização também foram trocados, além da aquisição de novos equipamentos de trabalho.

Houve várias atividades de conscientização sobre o consumo, com palestras para idosos e jovens, participação em feiras do Jardim São Marcos e Vida Nova e elaboração de conteúdos informativos, on-line, impresso e radiofônico, para a população.

De acordo com a diretora Yara, as equipes do Procon realizam uma série de serviços para a população que vão desde o registro de reclamações e denúncias, até a ajuda em renegociação de dívidas, audiência de conciliação, fiscalizações e orientações sobre consumo. “Nosso trabalho é realizado com embasamento no Código de Defesa do Consumidor (CDC) e tem o objetivo de garantir que os diretos dos cidadãos quanto às suas relações de consumo sejam respeitados.”

Todos os endereços e horários de atendimento do Procon Campinas podem ser consultados no link: https://procon.campinas.sp.gov.br/atendimento.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Lei torna pública distribuição do canabidiol em São Paulo

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré