Reviews | Voltamos ao Toru Culinária Oriental para saber se tudo continua bom

 Reviews | Voltamos ao Toru Culinária Oriental para saber se tudo continua bom

Depois de algumas semanas sem novos reviews, voltamos à “programação normal” com as opiniões publicadas todos os sábados, e neste retorno vamos falar de comida japonesa. O restaurante de comida oriental Toru, localizado no Cambuí em Campinas, mudou de formato e fomos lá conferir se vale a pena o investimento, até porque restaurantes não estão muito baratos aqui na cidade, seja qual for a especialidade.

O Toru por muito tempo foi conhecido pelos seus excelentes temakis. Com horário estendido nos finais de semana, era parada obrigatória de quem estava indo ou voltando das baladas das imediações. Logo quando foi inaugurado, a então temakeria ganhou fama pelos ótimos produtos que oferecia e com preços honestos. Os temakis eram realmente bons pois nessa época já eram muito populares os “rodízios japoneses” e muita gente preferia ir em um lugar onde era possível comer à vontade ao invés de procurar um restaurante que vendia praticamente apenas temakis. Se a casa ficava cheia, é porque tinha qualidade no que oferecia.

Em meio a esse novo mercado que surgia, o Toru passou a oferecer uma espécie de “rodízio diferenciado”. Montado em um prato, o “rodízio” trazia pequenas porções de sushis, sashimis e outras especialidades da culinária oriental. Se o cliente quisesse mais, era só solicitar quantas vezes desejasse. Era um produto muito bom, mas o formato incomodava um pouco pois era necessário ficar chamando as recepcionistas toda hora para trazer mais pratos.


Meses depois dessa experiência, voltamos ao local e o atendimento já não era mais o mesmo, inclusive foi objeto de um review aqui no ODC. Além da demora, os temakis não tinham mais a mesma qualidade de antes. Por esse motivo, deixamos de visitar o local.

Ao menos mais de um ano depois de ir ao local pela última vez, voltamos lá para saber como as coisas estão. Antes, ficamos sabendo que o local tinha mudado e agora estava oferecendo rodízio do jeito “tradicional”, com a mesa para que os clientes possam se servir à vontade.

O espaço continua praticamente o mesmo, relativamente pequeno para um restaurante, mas legal pois soa como “informal” e as pessoas podem ficar mais à vontade, principalmente para quem vai em casais ou em grupos até quatro pessoas. Mais que isso fica incômodo até para os demais clientes. Houve uma ampliação do espaço, com um corredor a mais para mais clientes poderem se acomodar.

O atendimento foi bom, sem reclamações e a mesa não tinha uma vasta gama de opções, porém o suficiente para uma ótima refeição. Os itens estavam todos muito bem feitos, com destaque para os pratos quentes, principalmente a guioza e um bolinho frito de peixe, excelentes! Ainda há as opções à lá carte, como pratos específicos, temakis, etc, mas a maioria dos clientes procuram o rodízio. A única queixa é em relação à demora para reposição dos itens da mesa, sobretudo os quentes. Por mais de uma vez as estufas ficaram vazias e demorou bastante para chegar mais, e quando chegava eram quantidades mínimas. Apesar disso, vale a visita!

Qual o lugar?: Toru Culinária Oriental
Onde fica?: Rua Dr. Sampaio Ferraz, 433 – Cambuí
Vale a visita?: Sim!
Nota geral: 8

Da Redação ODC.

Outras notícias