Terminal Ouro Verde está fechado; previsão de reabertura é às 15h

·

·

·

Tags:

Os integrantes da chapa 1 do Sindicato dos Rodoviários de Campinas, que querem voltar ao poder após uma intervenção judicial na entidade, fecharam os portões do Terminal Ouro Verde às 13h05 desta sexta-feira.

Eles protestam contra a decisão do interventor judicial que cancela as eleições da categoria, após a constatação de que duas urnas estavam com os cadeados quebrados, e também por denúncias de fraude nas eleições.

O rolo é maior do que a gente pode imaginar. Mas, é basicamente o seguinte: a chapa 1, comandada por Matusalém de Lima e aliados quer voltar ao poder do Sindicato, depois de ter sido tirada à força por irregularidades na votação.

A Justiça determinou uma intervenção no sindicato, que é controlado por uma pessoa que não tem nenhuma relação com os motoristas.

A previsão é que o Ouro Verde fique fechado até às 15h.

Linhas afetadas

101, 102, 103, 104, 105, 106, 107, 108, 109, 110, 111, 112, 113, 116, 118, 119, 120, 121, 123, 125, 134, 180

As linhas 122, 132, 136, 205 e 239 não estão entrando no Terminal Ouro Verde.

Veja nota da Emdec

A Emdec lamenta a irresponsável atitude, por parte de grupo de pessoas, em tentar promover a paralisação de parte da operação do serviço de transporte público coletivo municipal. Desde a manhã de hoje (sexta-feira, 28/10), a Emdec está atenta à situação e busca todas as formas de garantir o direito de ir e vir da população. Inclusive judicialmente.

A população não pode ser prejudicada por conta de uma situação interna do sindicato da categoria. O serviço de transporte coletivo é essencial para a população. A Emdec faz todo possível para que a operação fique normalizada, inclusive tomando as ações judiciais cabíveis.

Também cabe destacar que a Emdec tem o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (PAESE). Esse plano permite o remanejamento de ônibus de outras empresas para suprir uma eventual linha com problema. São medidas para evitar, o máximo possível, prejuízos e transtornos à população.