Trem Intercidades entre Campinas e São Paulo tem avanço burocrático


Mesmo com a enrolação típica do Governo do Estado, o trem de passageiros entre Campinas e São Paulo parece que finalmente vai sair do papel, depois de décadas de adiamento.

Uma parceria entre os governos federal e estadual destravou um projeto que amplia o trânsito de cargas por meio ferroviário, e paralelamente libera o transporte de passageiros.

Caso a MRS Logística tenha seu contrato de concessão do ramal entre Campinas e São Paulo ampliados em mais 30 anos, um pacote de investimentos deverá ser colocado em prática.

Atualmente o ramal ferroviário entre as duas cidades têm apenas duas linhas, uma para cada sentido. No pacote estão previstas as construções de mais duas ou três linhas.

O trem expresso poderá chegar aos 120 quilômetros por hora, ou seja, será o mais rápido do país. O projeto total está orçado em cerca de R$ 8 bilhões. O dinheiro virá da MRS e será descontado da outorga.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Aglomeração marca primeiro dia de vacinação contra Covid na Vila União em Campinas

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré