Você se lembra? A ponte da Av. Lix da Cunha com acesso ao Jardim Aurélia

·

·

·

Tags:

Mais uma imagem histórica de Campinas que mostra as diferenças do passado com o nosso presente.

As melhorias feitas debaixo da ponte férrea sobre a Rua Irmã Maria de Santa Paula Terrier, no Jardim Aurélia, foi uma das série de obras feitas pela cidade durante o governo Orestes Quércia (1969-1972).

Nota-se que diferentemente de hoje, a via ia direto e hoje faz uma curva para a direita. Essa curva foi colocada após as obras da Via Expressa Sul-Leste, atual Avenida Lix da Cunha.

Nessa época, era apenas uma via férrea, duplicada anos depois, sem necessidade de mudança da estrutura da ponte, que já era larga o suficiente.

A curva foi necessária pois como a via era íngreme, se fosse construída a ponte da Sul-Leste com a via desse jeito, ficaria baixo demais para passar.

Nota-se também que houve a demolição de algumas casas, onde hoje está um terreno baldio. Por alguns anos funcionou ali um trailer de lanches.

A foto mais antiga data do final dos anos 60, e a mais recente vem do Google, de 2018.