BRT10 (Ouro Verde) passa a operar no Corredor Central e atenderá ao Terminal Mercado

·

·

·

Tags:

Os cerca de 2,3 mil passageiros que já utilizam a linha BRT Ouro Verde (BRT10) serão beneficiados com a ampliação do atendimento na região central. A partir do dia 1º de dezembro, a linha BRT10 (Ouro Verde) passa a atender ao Terminal Mercado e ao Corredor Central (Rótula). A ampliação da operação do BRT Ouro Verde foi anunciada pelo prefeito Dário Saadi e pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), no último dia 24 de novembro.

A frota ganha mais cinco ônibus, passando de quatro para nove veículos nos horários de pico, em dias úteis. Os intervalos serão reduzidos de 18 para 10 minutos nos picos. E a linha, que hoje circula em dias úteis, passa a operar aos sábados, domingos e feriados, ou seja, de segunda a segunda, das 4h40 às 0h35.

“Gradativamente, estamos cumprindo o desafio de ampliar a operação dos corredores BRT. Quem ganha são os usuários, com mais agilidade e previsibilidade na circulação pelos corredores, além de conforto no atendimento aos terminais e estações mais modernos”, destacou o presidente da Emdec, Vinicius Riverete. “A expectativa é de aumento no número de passageiros, com a ampliação do atendimento da linha BRT10 na região central”, completou.

No Corredor Central, serão atendidos pontos de parada na Irmã Serafina (Allan Kardec), Anchieta (Prefeitura e CPFL), Orosimbo Maia x Sacramento e Terminal Mercado. Pelo itinerário ampliado, a linha BRT10 seguirá do Terminal Central para o Corredor Central, passando pela Dr. Moraes Salles, Irmã Serafina, Anchieta, Orosimbo Maia e Terminal Mercado. Retornará, então, pela Senador Saraiva ao Terminal Central, retomando o trajeto pela João Jorge.

A linha BRT10 segue atendendo aos terminais Ouro Verde, Santa Lúcia e Central; e às estações Vila Rica, Anhanguera, Parque Industrial, São Bernardo, Mário Gatti e João Jorge. Para viabilizar a circulação da linha na região do Terminal BRT Mercado, a Emdec realizou obras de geometria para abertura de acesso na avenida João Penido Burnier.

Ouro Verde terá novas linhas em 2024

Em janeiro, uma nova fase da ampliação do BRT Ouro Verde será anunciada. Está prevista a criação de duas novas linhas: BRT11 (Terminal Vida Nova / Corredor Central) e BRT12 (Terminal Campos Elíseos – Corredor Central), além da ativação do Terminal BRT Campos Elíseos.

Experimenta o BRT

Para informar a população sobre a nova operação, a Emdec segue com a Campanha “Experimenta o BRT”. Desde o dia 29 de novembro e até 7 de dezembro, serão realizadas abordagens educativas nos horários de pico, nos terminais Ouro Verde, Mercado, no Corredor Central e nas principais estações atendidas.

A previsão é distribuir cerca de 5 mil folhetos informativos no total e 200 cartazes serão fixados em ônibus. Entre as ações de comunicação também estão incluídas faixas informativas sobre a nova operação e o atendimento às paradas serão fixadas nos terminais e estações e, também, em pontos do Corredor Central; peças de divulgação serão inseridas nos MUPI’s (Mobiliários Urbanos para Informação) dos abrigos.

Histórico

Segunda linha com características BRT a entrar em operação, a BRT Ouro Verde foi lançada no dia 31 de março. Em maio, passou a realizar paradas também no contrafluxo. Desde a mudança, os usuários passaram a utilizar a linha para acessar o sentido Ouro Verde no pico da manhã; e o Centro no pico da tarde. Atualmente, a linha BRT10 atende, em média, 2,3 mil usuários por dia. Os números consideram dados da bilhetagem nas estações e contagem de usuários no embarque nos terminais.

BRT Campo Grande

A linha BRT Campo Grande (BRT20) foi a primeira com características BRT a entrar em operação em Campinas, em novembro de 2022. Em outubro de 2023, a operação do BRT Campo Grande foi ampliada. Foram criadas três novas linhas – as semiexpressas BRT21 e BRT26 e a paradora BRT25. Além disso, a linha BRT20, passou a atender todas as estações do corredor, partindo do Terminal Campo Grande e chegando até o Terminal Mercado e Corredor Central / Rótula.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Campinas investe mais de R$ 50 milhões em melhorias por meio de Termos de Acordo