Guarda-chuvas serão reinstalados na Rua 13 de Maio em Campinas no domingo, 04/02

·

·

·

Tags:

A cobertura de guarda-chuvas instalada na rua 13 de Maio receberá manutenção e reposição das peças no próximo domingo, 4 de fevereiro. No final do ano, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) assumiu a manutenção do espaço decorativo, inaugurado em novembro de 2022. A iniciativa integra o Plano de Requalificação da Área Central de Campinas (PRAC).

Em geral, a reposição ocorre semanalmente e estava programada para o último domingo, 28 de janeiro, mas foi suspensa em função das chuvas. Os trabalhos de reposição em larga escala são realizados sempre aos domingos, em razão do alto fluxo de consumidores registrado no centro comercial nos demais dias da semana. A manutenção constante é necessária por conta da ação do tempo e das chuvas.

No momento, a Emdec conta com o estoque remanescente de 1,2 mil guarda-chuvas coloridos para as reposições, sendo 840 no formato pequeno e 400 em formato grande. A instalação é realizada com equipes próprias da área de Serviços de Manutenção, que também atua na manutenção dos terminais urbanos. Os trabalhos envolvem um caminhão com plataforma elevada.

A área decorada com guarda-chuvas na rua 13 de Maio conta com cerca de 3,1 mil unidades, no trecho de 800 metros entre a Catedral Metropolitana e a Estação Cultura, que concentra o maior fluxo de consumidores.

O espaço foi entregue pela Administração Municipal à população em novembro de 2022. A instalação foi doada pela Construtora Patriani, que executou o projeto de requalificação e ficou responsável pela manutenção durante o primeiro ano.

Requalificação

O projeto é uma ação do Plano de Requalificação da Área Central de Campinas (PRAC). A decoração e o mobiliário urbano tornam a 13 de maio mais amigável e confortável com áreas de sombreamento e locais de descanso.

Seis quadras receberam a estrutura de metal com os guarda-chuvas coloridos. Também foi instalada uma nova iluminação, utilizando cabeamento aéreo, com 62 luminárias com dois pontos de luz de LED em cada uma e sensores para acender ao fim do dia e desligar pela manhã.

Para dar mais conforto para os visitantes do comércio central, também foram instalados 42 bancos em formato de pufs, 23 bancos retangulares e 15 lixeiras de 150 litros cada. Todos feitos em concreto.

O projeto foi aprovado pelo Corpo de Bombeiros e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc).

A obra foi homologada pelas secretarias municipais de Planejamento e Urbanismo; Infraestrutura; Serviços Públicos; Cultura e Turismo e pela autarquia Serviços Técnicos Gerais de Campinas (Setec). Fiscal da Secretaria de Infraestrutura acompanhou a execução dos serviços.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Definidos bairros de Campinas que vão receber 4º mutirão contra Dengue