Menino no barril: policial que atendeu a ocorrência nunca viu caso igual

     Menino no barril: policial que atendeu a ocorrência nunca viu caso igual

    *Por Luis Eduardo Reis, colaboração para o ODC

    O menino de 11 anos resgatado por policiais militares na tarde de hoje no Jardim Itatiaia foi salvo após denúncias de vizinhos.

    Segundo a PM, moradores ligaram para o 190 pois suspeitaram que havia uma criança em um espaço apertado na laje de uma das casas.


    No local, a criança foi encontrada com braços e pernas amarradas, dentro de um barril, cheio de fezes e sujeira.

    Em depoimento à polícia, os vizinhos disseram que a situação é pertinente, ocorre há mais de 6 anos, e que o Conselho Tutelar teria ciência da situação.

    Leia mais sobre esse caso

    Na casa, estavam a madrasta e uma filha.

    Ambas foram presas e encaminhadas a 2ª Delegacia de Defesa da Mulher de Campinas, junto com o pai.

    O menino foi encaminhado ao Hospital Ouro Verde com ferimentos leves.

    Na delegacia, os policiais disseram que nunca viram nada parecida.

    “Eu já vi muito cativeiro de sequestro, mas nada é parecido com isso”, afirmou o 2º sargento Mike Jason, que acompanhou a ocorrência.

    “O menino falou com a gente, disse que sempre tem festa na casa, com muita gente, muita comida, mas nunca o alimentam, apenas jogam cascas de frutas e água, por vezes, até comia as próprias fezes”, completou.

    Os três presos não prestaram depoimento até o fechamento dessa matéria.

    Outras notícias